Mudaram as estacoes... nada mudou

Mudaram as estacoes... nada mudou

Título alternativo The seasons have changed ... nothing has changed: the Single practitioners Health and women victims of domestic violence on the coast of Parana
Autor Signorelli, Marcos Claudio Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A presente tese empreendeu conhecer e analisar um pouco das relacoes que se estabelecem entre profissionais de Saúde de Matinhos, litoral paranaense, e mulheres vitimas de violencia domestica.A violencia domestica provoca multiplas repercussoes na Saúde das mulheres e gera desafiadora agenda para profissionais de Saúde. Para atingir o objetivo, que consistiu em analisar como profissionais de Saúde atendem mulheres vitimas de violencia domestica no ambito da atencao primaria a Saúde, foi adotada pesquisa qualitativa e aproximacao etnografica com profissionais que atuam em uma Unidade Basica de Saúde do municipio. Os aspectos empiricos oriundos do campo foram cotejados com aportes teoricos das areas de estudos de genero, de violencia e da arena da Saúde coletiva. Realcou-se densa e tensa tessitura de negociacoes, imbricadas por relacoes hierarquicas e de poderes entre profissionais, mulheres, familias, comunidade e sistema de Saúde, assim como a influencia sazonal na dinamica local.A sazonalidade reverbera no estilo de vida da populacao e nos modos de estabelecimento de relacoes, marcadas por encontros e desencontros entre profissionais de Saúde e mulheres. Tambem foi observada ausencia de estrutura local oficial para manejo da problematica,que enseja outros modos de atuacao e de estabelecimento das relacoes, como a abordagem de acolhimento em Saúde, muito em voga em discursos da area de Saúde coletiva, mas pouco problematizada. Por fim, destacou-se o papel chave de profissionais de Saúde, em especial de agentes comunitarias/os de Saúde, na conducao de questoes relativas as mulheres vitimas de violencia domestica que aportam no sistema. Em sintese, a consolidacao deste estudo permitiu alem de levantar indagacoes sobre os modos com que se operam relacoes entre profissionais e mulheres, tambem evidenciou a importancia de estudos sobre a tematica com focos em panoramas regionais, que levem em conta as particularidades que compoem o diverso mosaico do cenario brasileiro
Palavra-chave Sistema Único de Saúde
Pessoal de Saúde
Gênero e Saúde
Violência contra a Mulher
Violência Doméstica
Acolhimento
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 194 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 194 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21721

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta