Estudo de variaveis que influenciam a terapia fotodinamica (PDT) com prescursores de porfirina (ALA/MAL) no tratamento da acne vulgar

Estudo de variaveis que influenciam a terapia fotodinamica (PDT) com prescursores de porfirina (ALA/MAL) no tratamento da acne vulgar

Título alternativo Study of methods to control variables that effect photodynamic therapy using porphyrin precursors (ALA/MAL) for the treatment of Acnes vulgaris
Autor Sakamoto, Fernanda Hidemi Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Acne vulgar e uma doenca mutifatorial que acomete principalmente a glandula sabacea. A terapia fotodinamica (PDT, do ingles photodynamic therapy**) com drogas precursoras da porfirina(acido aminolevulinico, ALA** e seu metil ester, MAL**)e um metodo alterantivo promissor. A ativacao da PDT depende da interacao entre o fotossensibilizante, oxigenio e a energia da luz por isso, os resultados clinicos e os efeitos adversos sao consequentes da combinacao dessas variaveis. A destruicao seletiva das glandulas sebaceas pela PDT e limitada pela absorvicao da droga e da penetracao da luz. OBJETVOS: O objetivo geral deste trabalho e melhorar o tratamento da acne vulgar, atraves do estudo das variaveis que afetam a PDT utilizando drogas percursoras da porfirina ALA e MAL. Tres experimentos foram realizados para avaliar: (1) tempos de incubacao da droga; (2) vias de administracao dos fotossensibilizantes po; (a) injecao intradermica e (b) canais criados por laser fracionado ablatico (AFR**). Por ultimo, (3) verificou-se o efeito da luz no acumulo seletivo do fotossenbilizador in vitro, in vivo e em um estudo clinico piloto para o tratamento da acne. MATERIAIS E METODOS: Os estudos in vivo foram realizados em suinos. Quando aplicada, a PDT foi ativada com luz vermelha(635nm, 200 J/cm², 100mW/cm²). (1) Biopsias foram realizadas a cada 15min ate 180 min apos a aplicacao topica do ALA 20%. (2a) Diluicoes da ALA de 0,0005-1% foram injetadas na pele, seguido de biopsias apos 3hs de incubacao e imediatamente apos o PDT.(2b) O MAL 16.8% foi aplicado imediatamente apos a criacao de microcanal unico com AFR, seguido de biopsias apos 3hs. (3) Foram utilizadas culturas de queratinocitos incubados com 500 &#956;M de ALA por 3 horas e irradiados com doses diferentes de luz azul (415nm).Um estudo semelhantes em suinos e um estudo clinico piloto de acne em meia faceforam realizados apos aplicacao topica de ALA 20%. RESULTADOS: (1) Houve um aumento significativo na fluorescencia epidermica iniciando 15 minutos apos a aplicacao topica de ALA 20%. De 30 a 120 minutos, a epiderme, foliculos pilosos, e as glandulas sebaceas tornaram-se progressivamente masi fluorescentes com intensidade maxima apos 75-180 minutos.. (2a) Concentracoes de ALA>/=0,25%, seguidoas da PDT causou uma potente reacao vascular, enquanto que concentracao moderadas (~0,06%) atingiram seletivamente as glandula endocrinas. Baixas doses ( < / =0,016%) causaram necrose seletiva da gordura. (2b)AFR seguido por aplicacao do MAL aumentou a capatacao da droga detectada pela fluorescencia de porfirinas, sendo que significativamente maior em foliculos pilosos (0<0,0011) e derme (p<0,0433) entre 120 a 1.800 um de profundidade com difusao radial em ate 1.500 &#956;m (3) in vitro, o limiar de inibicao do acumulo de porfirinas pela luz azul foi de cerca de 0,04mW/cm², nao associada a dano celular. Houve reducao do acumulo de porfirinas e do sefeitos adversos da PDT observadas nos estudos pre-clinicos e no estudo clinicos piloto. Neste observou-se a remissao prolongada da acne por seis meses. CONCLUSAO: Muitas variaveis podem afetar o tratamento da acne comPDT. A manupilacao do tempo incubacao e injecao de diferentes solucoes de ALA pode ser utilizadas para direcionar o dano histologico da pele. A injecao intradermica do ALA pode produzir fototoxidade intensa com risco de necrose cutanea grave apos PDT, sendo ate 100 vezes mais potente que o ALA topico. Similarmente a criacao de microcanais pelo laser ablativo e um novo metodo eficaz de administracao de drogas. Outra descoberta desta pesquisa foi o efeito inibitorio da luz no acumulo de porfirinas e na PDT quando aplicada durante o metabolismo do ALA. A esse novo fenomeno chamamos i-PDT (PDT inibitoria). Em suma, a compreensao e controle das variaveis envolvidas na PDT com ALA ou MAL sao fundamentais para o desenvolvimento de novos tratamentos. Atraves do controle seletivo da PDT, os resultados destes estudos podem parcialmente criar novas opcoes de tratamento, nao somente acne, como de outras doencas. ** Algumas abreviacoes foram mantidas na lingua inglesa para manter coerencia com as figuras publicadas dos artigos em ingles; pelo uso cientifico consagrado; ou pela falta de termo na lingua portuguesa
Palavra-chave Ácido Aminolevulínico
Fotoquimioterapia
Acne Vulgar
Glândulas Sebáceas
Suínos
Animais
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 160 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 160 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21702

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta