Expressão gênica do estresse oxidativo e da defesa antioxidante na isquemia e reperfusão intestinal em camundongos isogênicos submetidos a oxigenação hiperbárica

Expressão gênica do estresse oxidativo e da defesa antioxidante na isquemia e reperfusão intestinal em camundongos isogênicos submetidos a oxigenação hiperbárica

Título alternativo Inbred mice small bowel ischemia reperfusion injury: the oxidative stress and antioxidant defense gene expression
Autor Bertoletto, Paulo Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Fagundes, Djalma José Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Objetivo: determinar o perfil da expressao genica relacionado ao estresse oxidativo e a resposta antioxidante do intestino de camundongos isogenicos submetidos a isquemia e reperfusao e tratados com oxigenacao hiperbarica. Metodos: vinte e quatro camundongos (C57BL/6) foram submetidos a anestesia, laparotomia e a intervalos de 60 minutos de isquemia e reperfusao intestinal (IR). Tres grupos foram tratados com oxigenacao hiperbarica (GOHB) em periodos distintos: durante a isquemia (GOHB+I), durante a reperfusao (GOHB+R) e durante a isquemia e a reperfusao (GOHB+IR). Seis animais submetidos a IR nao receberam OHB (GIR). Outros seis animais nao foram submetidos a IR ou OHB (GC). Foram avaliadas as alteracoes morfologicas de necrose intestinal (escore de Chiu et al) e a expressao genica pela Reacao de Polimerase em Cadeia em Tempo Real (PCR-RT). Foram estudados um total de 84 genes das familias glutationa peroxidases, peroxiredoxinas, peroxidases e agrupamentos de genes associados ao estresse oxidativo, especies reativas de oxigenio e transportadores de oxigenio. A expressao de cada gene grupo foi comparada em cada grupo com o GC. Resultados: nos animais do GIR 86,9% dos genes foram hiperexpressos mostrando uma clara relacao entre o estresse oxidativo e a resposta antioxidante da IR. Semelhante hiperexpressao genica ocorreu em GOHB+I (88,09%) e GOHB+R (86,9%). No entanto, no GOHB+IR a porcentagem de expressao foi significantemente menor (61,9%), coincidindo com um escore de lesao morfologica tambem significantemente menor que os outros tres grupos. A analise dos dados por familias/agrupamentos mostrou perfil semelhante de hiperexpressao ao resultado global, exceto na familia das peroxiredoxinas que nao mostrou variacao significante entre os quatro grupos. Conclusoes: A IR promove uma resposta de hiperexpressao dos genes relacionados com o estresse oxidativo e a reposta antioxidante. Por outro lado, o tratamento com a OHB mostrou-se associada ao bloqueio da hiperexpressao somente quando aplicada durante a isquemia e durante a reperfusao
Palavra-chave Intestinos
Oxigenação hiperbárica
Expressão gênica
Isquemia
Camundongos endogâmicos
Animais
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 140 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 140 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21695

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta