Envolvimento da proteina cinase ativada por mitogenos (MAPK-Erk1/2) nos efeitos da eletroacupuntura em camundongos submetidos a sensibilizacao locomotora induzida pelo etanol

Envolvimento da proteina cinase ativada por mitogenos (MAPK-Erk1/2) nos efeitos da eletroacupuntura em camundongos submetidos a sensibilizacao locomotora induzida pelo etanol

Título alternativo The role of extracellular signal-regulated kinase in the effects of electroacupuncture in mice submitted to the locomotor sensitization induced by ethanol
Autor Faloppa, Paula Mellone Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A proteina cinase ativada por mitogenos (Erk1/2) esta envolvida em varias alteracoes celulares induzidas pelas drogas. Sabe-se que a eletroacupuntura reverte a sensibilizacao locomotora induzida pelo etanol. Sendo assim, o presente estudo investigou uma possivel relacao entre este efeito comportamental e a expressao de Erk1/2 fosforilada. Fora injetado etanol (2 g/kg, i.p.) diariamente em camundongos, durante 21 dias. A eletroacupunctura foi realizada durante os 4 dias subsequences de abstinencia. Estimulos eletricos de 2hz ou 100hz foram aplicados em duas combinacoes de acupontos: Ea1 [(E-36 /Zusanli) e (CS-6/ Neiguan)] ou [Ea2 (DU-14/Dazhui) e (DU-20/Baihui)]. Para avaliar a especificidade da estimulacao destes acupontos consideraram-se os seguintes grupos adicionais: Ea3 (E-25/Tianshu - acuponto ligado as atividades do trato gastroentestinal), Sham1 ou Sham2 (estimulacao transdermica em locais proximos aos respectivos acupontos). Outros grupos selecionados incluem: i.oControle (animais cronicamente tratados com etanol e que foram somente manipulado durante a abstinencia); ii. oSalinao (animais cronicamente tratados com salina e manipulados similarmente ao Controle durante a abstinencia). No quinto dia de abstinencia, cada grupo foi dividido em dois subgrupos, de acordo com a presenca ou ausencia de uma nova exposicao ao etanol. A seguir, apos eutanasia, os animais foram perfundidos e seus encefalos processados para imunohistoquimica. Somente os procedimentos do grupo Ea1 em 100hz (EA1_100) e o do grupo Ea2 em 2hz (EA2_2) reverteram a sensibilizacao locomotora induzida pelo etanol. Houve diminuicao de pERK no estriado dorsomedial dos animais abstinentes, a qual nao foi minimizada pela eletroacupuntura, se considerarmos a especificidade da estimulacao dos acupontos. Ja o desafio com etanol diminuiu a expressao de pERK no nucleo acumbente casca e aumentou a expressao de pERK no estriado dorsomedial, cortex infralimbico e nucleo central da amigdala. A eletroacupuntura bloqueou os aumentos supracitados, no entanto, a especificidade dos acupontos ficou restrita somente ao grupo Ea2_2 no cortex infralimbico. Portanto, o efeito comportamental da eletroacupuntura de 2hz no meridiano DU (mas nao os demais procedimentos) envolve, ao menos em parte, a sinalizacao mediada pela proteina cinase ativada por mitogenos
Palavra-chave Eletroacupuntura
Etanol
Proteínas Quinases
Atividade Motora
Camundongos
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 70 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 70 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21609

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta