Tratamento interdisciplinar em adolescentes obesos com esteatose hepatica nao alcoolica

Tratamento interdisciplinar em adolescentes obesos com esteatose hepatica nao alcoolica

Autor Ganen, Aline De Piano Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: A complexidade da fisiopatologia na Esteatose Hepatica Nao Alcoolica (EHNA) envolve uma interface entre as adipocinas e a regulacao neuroendocrina do balanco energetico, incluindo o papel do sistema Neuropeptideo Y/Proteina agouti relacionada. Objetivo: estabelecer a relacao entre a razao NeuropeptideoY/Proteina relacionada Agouti (AgRP) e a adiponectinemia, bem como avaliar a influencia de neuropeptideos orexigenos nos aspectos nutricionais de adolescentes obesos com EHNA submetidos a uma intervencao interdisciplinar de longo prazo. Metodos: Recrutou-se adolescentes obesos pos-puberes para participarem de uma intervencao interdisciplinar. O grupo foi analisado de acordo com a presenca ou nao de EHNA pela ultrassonografia (US). As amostras de sangue foram coletadas para a mensuracao da glicemia, transaminases hepaticas e perfil lipidico, resistencia e sensibilidade insulinica. As concentracoes de Adiponectina, NPY e AgRP foram avaliadas por ELISA e a mensuracao da gordura visceral e subcutanea pela US. A inGestão alimentar foi aferida por meio de registro alimentar de 3 dias. Resultados: No inicio da terapia, observou-se que parametros clinicos importantes como massa corporal, IMC, gordura visceral, HOMA-IR, QUICKI, triglicerides, VLDL-colesterol e transaminases hepaticas apresentaram-se mais alterados em pacientes com EHNA, os quais melhoram apos tratamento. Alem disso, a energia total e inGestão de macronutrientes reduziram significativamente em ambos os grupos. Observou-se correlacao positiva entre AgRP e a gordura visceral em todos os pacientes, e correlacao negativa entre NPY/AgRP com a concentracao de adiponectina apenas em adolescentes obesos com EHNA. Ao analisar a influencia da dieta nos neuropeptideos orexigenos, apenas os pacientes com EHNA apresentaram correlacao positiva entre a inGestão de acidos graxos saturados com os neuropeptideos orexigenos (NPY e AgRP); e carboidrato com NPY. Foi observada correlacao positiva entre inGestão de energia, (%) de lipidio e acidos graxos saturados com o acumulo de gordura visceral. Conclusao: Os pacientes com EHNA apresentaram parametros clinicos mais alterados ao compara-los aqueles que nao possuiam esta doenca, incluindo a correlacao negativa entre adiponectina e NPY/AgRP. Estes resultados sugeriram que adolescentes obesos com EHNA apresentaram perfil inflamatorio alterado, o qual pode influenciar na regulacao neuroendocrina do balanco energetico indicando uma barreira adicional na terapia de reducao de peso. Alem disso, nossos achados revelaram uma importante influencia da composicao da dieta no sistema orexigeno, sendo essencial considerar a inGestão excessiva de gordura saturada como um fator determinante para o desenvolvimento de EHNA
Assunto Fígado Gorduroso
Neuropeptídeos
Adipocinas
Ingestão de Alimentos
Gorduras
Equipe de Assistência ao Paciente
Adolescente
Humanos
Idioma Português
Data 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 185 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 185 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21592

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)