Polimorfismo-308 G/A do gene do fator necrose tumoral alfa e suscetibilidade à asma: revisão sistemática da literatura e metanálise

Polimorfismo-308 G/A do gene do fator necrose tumoral alfa e suscetibilidade à asma: revisão sistemática da literatura e metanálise

Título alternativo Tumor necrose factor alpha-308 G/A polymorphism and asthma susceptibility: systematic review of the literature and meta-analysis
Autor Genov, Isabel Rugue Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Solé, Dirceu Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: O polimorfismo -308 G/A de TNF já foi descrito como fator de predisposição à n muitos estudos de associação molecular. No entanto, há outras evidências que esta hipótese. No presente, estudo buscamos verificar a contribuição do polimorfismo -308 G/A de TNF para suscetibilidade à asma por revisão sistemática da literatura e metanálise de estudos caso-controle baseados em população, estratificando-os por e¬tnia. Métodos: Os bancos de dados MEDLlNE e EMBASE serviram de base para busca de associação caso-controle baseados em população em língua inglesa no período de janeiro de 1966 a maio de 2006. Para inclusão, os trabalhos deveriam apresentar asma como desfecho, e ter ao menos dois grupos de comparação (asma e controle). Estudos que apresentassem populações de etnias diversas foram excluídos. Análise de regressão logística foi utilizada na determinação do melhor modelo genético. O programa RevMan 4.2 foi utilizado para verificar o efeito geral do polimorfismo -308G/A TNF na suscetibilidade à asma. Resultados: Onze estudos foram selecionados, sete com população de etnia caucasiana (910 pacientes e 1064 controles); três de etnia oriental (831 pacientes e 417 controles); e três de etnia indiana (492 pacientes e 751 controles). Dois estudos avaliam duas populações de etnias distintas separadamente, resultando em sua inclusão em mais de uma análise. O melhor modelo genético determinado por regressão logística foi o dominante, compatível com achados descritos por ensaios biológicos. Pela heterogeneidade estatística presente na população oriental foi selecionado modelo de efeito randômico na realização da metanálise. Tanto para a população caucasiana como a indiana, os genótipos TNF1,2 e TNF2,2 apresentaram contribuição para suscetibilidade à asma(ORc=1,61; IC95 por cento=1,09-2,38; Z=2,37; p=0,02 e OR1=1,84; IC95 por cento=1,33-2,55; Z=3,66; p=0,0002), porém este dado não foi confirmado para a população oriental Oro=1,17; IC95 por cento=0,32-4,24; Z=0,24; p=0,81). O efeito geral resultante da avaliação das três etnias confirmou suscetibilidade à asma conferida pelo polimorfismo -308 G/A de TNF(OR=1,56, IC95 por cento=1,08-2,27, Z=2,34, p=0,02). O número de pacientes e controles os na metanálise foi respectivamente de 2.233 e 2.232. Conclusão: Os genótipos TNF1,2 e TNF2,2 conferem maior suscetibilidade à asma.
Palavra-chave Asma
Genética
Fator de necrose tumoral alfa
Polimorfismo genético
Metanálise
Idioma Português
Data de publicação 2006
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2006. 78 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 78 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21540

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta