Estudo de aspectos morfológicos e funcionais de ratos submetidos a isquemia e repercussão de músculo esquelético, sob a ação da pentoxifilina

Estudo de aspectos morfológicos e funcionais de ratos submetidos a isquemia e repercussão de músculo esquelético, sob a ação da pentoxifilina

Título alternativo The effects of skeletal muscle ischemia/reperfusion and pentoxifylline on morphological and functional aspects of kidneys of rats.
Autor Teruya, Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Fagundes, Djalma José Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Ciência cirúrgica interdisciplinar
Resumo Objetivos: estudar os aspectos morfológicos e funcionais do rim de ratos relacionados com a isquemia e reperfusão de musculatura esquelética e o uso da pentoxifilina. Métodos: Ratos Wistar EPM-I (n=60) foram submetidos à isquemia do membro posterior pelo clampeamento da artéria ilíaca comum esquerda por um período de seis horas e observados por quatro (OA) ou vinte e quatro horas (OB) após a reperfusão. Outro grupo, GS(n=6), foi submetido a anestesia e procedimentos operatórios sem a obstrução arterial. A pentoxifilina (PTX ¬4Omg.Kg-1) não foi aplicada (OAI e OB1) ou foi aplicada no início da reperfusão (0A2 e GB2) ou no início da isquemia e início da reperfusão (OA3 e OB3). A eutanásia ocorreu ao término do período de reperfusão correspondente em cada grupo de animais, quando foram coletadas amostras de sangue para análise bioquímica da creatinofosfoquinase, uréia, creatinina, sódio e potássio séricos. Na seqüência foi realizada a nefrectomia esquerda para estudo histológico das alterações morfológicas dos nefrons e túbulos renais, assim como a imuno-histoquímica para apoptose pela expressão da caspase-3. Foram aplicados os testes de Mann-Whitney e Kruskal-Wallis (p≤ 0,05). Resultados: Ocorreu aumento significativo da uréia (90,5±30,96 mg.dL-1), creatinina (2,28≤0,54 mg.dL-1) e potássio (16± 3,66 mmohiL-¬1) no grupo B3 onde o mesângio também mostrou-se significativamente espessado (0,97± 0,42). Houve diminuição do número de túbulos renais comprometidos (0,70±0,14) no grupo B2. A expressão de caspase-3 foi maior nos grupos B2 (16,35±1,65 por cento) e B3 (15,57±2,54 por cento) que em GS (9,8±1,98 por cento). Conclusão: A isquemia e reperfusão de músculo esquelético de ratos produzem lesões à distância em tecido renal e a pentoxifilina tem algum efeito protetor sobre estas lesões na fase precoce de observação (até quatro horas). Na fase tardia (até vinte e quatro horas) esta proteção não se faz evidente e até exerce papel antagônico, agravando as lesões quando aplicada nos períodos de isquemia e reperfusão e dependente da dose usada.

Objectives: to study morphologic and functional aspects of the kidney of rats related with the ischemia and reperfusion of skeletal musculature and pentoxifylline. Methods: Wistar EPM-1 rats (n=60) were submitted to the ischemia of the posterior limb by clamping the left common iliac artery for a period of six hours and observed by four (GA) or twenty-four hours (GB) after the reperfusion. Another group, GS(n=6), was submitted to the anesthesia and surgical procedures without the arterial obstruction. The pentoxifylline (PTX - 40mg.Kg-1) it was not applied (GA1 and GB1) or it was applied in the beginning of the reperfusion (GA2 and GB2) or in the beginning of the ischemia and in the beginning of the reperfusion (GA3 and GB3). The euthanasia was done at the end of the period of corresponding reperfusion in each group of animals, when samples of blood were collected for biochemistry analysis of the creatinofosfoquinase, urea, creatinine, sodium and potassium. In the sequence the left nefrectomy was accomplished for histological study of the morphologic alterations of the nefrons and renal tubules, as well as the imuno-histochemistry test for apoptose by the expression of the caspase-3. They were applied the tests of Mann-Whitney and KruskalWallis (p≤ 0,05). Results: it were significant increase of the urea (90,5 ± 30,96 mg.dL-1), creatinine (2,28 ± 0,54 mg.dL-1) and potassium (16 ± 3,66 mmol.dL-1) in the group B3 where the mesangium was also shown significantly thickened (0,97 ± 0,42). There was decrease of the number of renal tubules injured (0,70 ± 0,14) in the group B2. The caspase-3 expression was larger in the groups B2 (16,35 ± 1,65%) and B3 (15,57 ± 2,54%) that in GS (9,8 ± 1,98%). Conclusions: the ischemia and reperfusion of skeletal muscle of rats produce long distance lesions in renal tissue and the pentoxifylline has some protecting effect on these lesions in the precocious phase of observation (up to four hours). In the late phase (up to twenty-four hours) this protection is not made evident and until it exercises antagonistic dosedependent effects, worsening the lesions when applied in the ischemia and reperfusion periods.
Palavra-chave Isquemia
Ratos
Apoptose
Rim
Pentoxifilina
Caspases
Ischemia
Rats
Apoptosis
Kidney
Pentoxifylline
Caspases
Idioma Português
Data de publicação 2006
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2006. 75 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 89 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21513

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-21513.pdf
Tamanho: 2.945MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta