Biocompatibilidade do cimento endodôntico AH plus acrescido de hidróxido de cálcio em subcutâneo de rato

Biocompatibilidade do cimento endodôntico AH plus acrescido de hidróxido de cálcio em subcutâneo de rato

Título alternativo Biocompaatibility of AH plus endodontic sealer increased of calcium hydroxide in subcutaneous of rats
Autor Oliveira, Ricardo Leão de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Oliveira Filho, Renato Santos de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Cirurgia translacional - São Paulo
Resumo Introdução: No tratamento dos canais radiculares, todas as fases devem ser consideradas atos operatórios independentes. Atenção maior tem sido dada a uma resposta biológica pós - tratamento. Embora, o AH Plus apresente boa resposta biológica em relação aos tecidos apicais e periapicais, os cimentos à base de hidróxido de cálcio são, ainda, a primeira escolha nos casos em que tolerância, reparação e ação antimicrobiana nesses tecidos são desejadas. Portanto, levando em consideração as excelentes propriedades físico-químicas do AH Plus, achou-se oportuno a realização de estudo biológico para confirmar se o acréscimo de hidróxido de cálcio proporcionaria melhora da biocompatibilidade do produto. Objetivo: Determinar a biocompatibilidade do cimento endodôntico AH Plus acrescido de hidróxido de cálcio a 5% em peso. Métodos: Foram utilizados 30 ratos distribuídos em 3 grupos de 10 animais. Tubos de silicone contendo os materiais em teste foram implantados, um por animal, no subcutâneo do dorso: Grupo I – animais implantados com tubos contendo AH Plus puro; Grupo II – contendo AH Plus acrescido de hidróxido de cálcio e Grupo III – tubos vazios (controle). A biocompatibilidade foi determinada pela análise quali e quantitativa da reação inflamatória. Resultados: O tecido adjacente ao tubo evidenciou processo inflamatório crônico inespecífico, qualitativamente semelhante nos três grupos experimentais. Quantitativamente, os animais implantados com o cimento acrescido de hidróxido de cálcio 5% em peso apresentaram reação inflamatória menos intensa que o grupo implantado com o cimento puro. Conclusão: O acréscimo de 5% em peso de hidróxido de cálcio ao cimento endodôntico AH Plus promove melhor biocompatibilidade do que o AH Plus puro em tecido subcutâneo de rato.

Introduction: In the treatment of root canals, every phases must be considered independent operatives. A greater attention has been given to a biological response pos-treatment. Although, the AH Plus presents good biological response in relation to the apicals and peripicals tissues, the sealers containing calcium hydroxide are still the first choice in cases in which tolerance, reparation and anti-microbian actions in such tissues are desirable. Thus, considering the excellent physiochemical properties of the AH Plus, it was considered opportune the realization of a biological study to confirm if the increase of calcium hydroxide would supply improvement of the product biocompatibility. Aims: To determine the biocompatibility to AH Plus endodontic sealer, additioned of calcium hydroxide to 5% in weight. Methods: 30 rats, distributed in 3 groups of 10 animals, were used. Silicon tubes containing materials in test were implanted, to each animal, in the subcutaneous of the back dorsum. Group I – animals implanted with tubes containing pure AH Plus; Group II containing AH Plus added with calcium hydroxide and Group III – empty tubes (control). The biocompatibility was determined by the qualitative and quantitative analysis of inflammatory reaction. Results: The adjacent tissue to the tube attested a not specific chronic inflammatory process, qualitatively similar in the three experimental groups. Quantitatively, the animals implanted with cement added with calcium hydroxide 5% in weight presented inflammatory reaction less intense than the group implanted with pure cement. Conclusion: The increase of 5% in weight calcium hydroxide to the AH Plus sealer promotes better biocompatibility than pure AH Plus in the subcutaneous tissues of rats.
Palavra-chave Hidróxido de Cálcio
Cimentos Dentários
Tela Subcutânea
Ratos
Idioma Português
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Data de publicação 2006
Publicado em OLIVEIRA, Ricardo Leão de. Biocompatibilidade do cimento endodôntico AH plus acrescido de hidróxido de cálcio em subcutâneo de rato. 2006. 85 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2006.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 85 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21446

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-21446.pdf
Tamanho: 2.862MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta