Infecção pelo vírus da hepatite B em portadores de insuficiência renal crônica em hemodiálise

Infecção pelo vírus da hepatite B em portadores de insuficiência renal crônica em hemodiálise

Título alternativo Hepatitis B virus infection in end-stage renal disease in hemodialysis patients
Autor Moutinho, Renata da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ferraz, Maria Lucia Gomes Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A infecção pelo vírus B (HBV) permanece uma causa importante de doença hepática nos centros de hemodiálise, sendo descritas taxas de infecção de 0,9-26 por cento em diferentes regiões geográficas. A história natural desta infecção nos portadores de insuficiência renal crônica (IRC) em hemodiálise possui alguns aspectos peculiares. A progressão para a cronicidade ocorre em cerca de 60 por cento dos casos. Estudos mais recentes têm demonstrado que a maioria dos pacientes em hemodiálise com infecção crônica pelo HBV possui HBeAg negativo, embora este achado não indique, necessariamente, ausência de replicação vira!. Já está bem estabelecido o impacto negativo da infecção pelo HBV nos pacientes transplantados renais. Assim, torna-se fundamental a avaliação da replicação viral e do grau de acometimento hepático nos pacientes candidatos ao transplante renal, na tentativa de prevenir ou minimizar as conseqüências da infecção pelo HBV no período pós transplante renal. A infecção pelo vírus C também é outra importante causa de doença hepática nos pacientes hemodialisados, não sendo infreqüente a presença de co-infecção HBV-HCV. Em pacientes não urêmicos, a co-infecção HBV-HCV acarreta formas mais graves de doença. Em pacientes urêmicos, não se conhecem a freqüência e o impacto da co¬ infecção) pelo HCV em portadores do HBV. Foram objetivos deste estudo em pacientes com IRC em hemodiálise: avaliar características clínicas, laboratoriais e histológicas da infecção crônica pelo HBV e compará-las nos pacientes com HBeAg negativo e HBeAg positivo; determinar a carga viral do HBV nos pacientes com HBeAg negativo e comparar os níveis de viremia entre pacientes com infecção isolada pelo HBV e com co-infecção HBV-HCV; avaliar a prevalência da mutação precore nestes pacientes e determinar o impacto da co-infecção HBV-HCV...(au).
Palavra-chave Hepatite B
Insuficiência renal crônica
Diálise renal
Idioma Português
Data de publicação 2006
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2006. 67 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 67 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21440

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta