Short-Form 36 e escala de auto-estima Rosemberg UNIFESP/EPM em idosos hospitalizados com úlcera por pressão

Short-Form 36 e escala de auto-estima Rosemberg UNIFESP/EPM em idosos hospitalizados com úlcera por pressão

Título alternativo Short-Form 36 and self-esteem scale Rosemberg UNIFESP/EPM in aged hospitalized patients with pressure ulcer
Autor Magalhães, Marta Garroni Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Gragnani, Alfredo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Cirurgia Translacional – São Paulo
Resumo Introdução: A expectativa de vida aumenta progressivamente com o envelhecimento da população e as úlceras por pressão são freqüentes nos idosos podendo alterar a qualidade de vida. Instrumentos para medida de qualidade de vida vêm sendo muito utilizados. Objetivo: Avaliar a qualidade de vida e auto-estima em idosos hospitalizados com úlcera por pressão. Métodos: Trata-se de um estudo transversal e analítico. Quarenta idosos (60 anos ou mais de idade), sem déficit de cognição e hospitalizados foram selecionados consecutivamente. Vinte idosos portadores de úlcera por pressão formaram o grupo de estudo e outros 20 pacientes sem úlcera por pressão formaram o grupo controle. A avaliação dos pacientes foi realizada por um único investigador, com avaliação visual da pele e classificação das úlceras com aplicação da escala de Braden, aplicação do mini-exame do estado mental para avaliar a cognição, coleta de dados demográficos e clínicos. Para avaliação da qualidade de vida foi utilizado o questionário Short-Form 36 e a auto-estima foi avaliada utilizando a escala de Auto-estima Rosenberg UNIFESP-EPM. Para análise dos resultados foram aplicados os Testes de qui-quadrado ou de Fisher e de Mann-Whitney. Resultados: Nos domínios do Short-Form 36, a capacidade funcional e saúde mental foram significantes entre os grupos (p= 0,0398* e p= 0,0480* respectivamente) neste estudo. O domínio estado geral de saúde apresentou a melhor pontuação, mas sem significância estatística. A auto-estima dos idosos do grupo de estudo e do grupo controle foi semelhante. Conclusões: A qualidade de vida dos idosos hospitalizados com úlcera por pressão é pior nos domínios da capacidade funcional e saúde mental quando comparada ao grupo controle. Não houve diferença da auto-estima dos idosos do grupo de estudo e controle.
Assunto Qualidade de Vida
Autoimagem
Idoso
Hospitalização
Úlcera por Pressão
Idioma Português
Data 2006
Publicado em MAGALHÃES, Marta Garroni. Short-Form 36 e Escala de Auto-Estima Rosenberg Unifesp/Epm em Idosos Hospitalizados com Úlcera por Pressão. 2006. 147 f. Dissertação (Mestrado) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2006.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 127 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21432

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Tese-10059.pdf
Tamanho: 813.5Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)