Expressão da proteína P53 no adenocarcinoma gástrico: correlação clínica, anatomopatológica e significância prognostica

Expressão da proteína P53 no adenocarcinoma gástrico: correlação clínica, anatomopatológica e significância prognostica

Título alternativo P53 expression in gastric adenocarcinoma: clinicopathological correlation and prognostic significance
Autor Rocha, Frederico Theobaldo Ramos Autor UNIFESP Google Scholar
Lourenço, Laércio Gomes Autor UNIFESP Google Scholar
Jucá, Mário Jorge Google Scholar
Leal, Antenor Teixeira Google Scholar
Paz, Antônio Mário Duarte Coelho da Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Hospital Escola Dr. José Carneiro Santa Casa de Misericórdia Seção de Oncologia
(UFAL)
(UNCISAL) Escola de Ciências Médicas de Alagoas.
Santa Casa de Misericórdia de Maceió - AL Seção de Cirurgia Oncológica
Resumo BACKGROUND: To study the expression of p53 protein in gastric adenocarcinoma and its relationship to clinicopathological parameters such as, age, sex, infiltration of the gastric wall (T), histological type of Lauren's classification, histological differenciation, lymph node involvement, stage (TNM) and patient longevity. METHODS: Forty-five patients with the diagnosis of gastric carcinoma submitted to a sub-total gastrectomy or a total gastrectomy in the Surgical Oncology Department at the Santa Casa de Misericórdia Hospital in Maceió, Alagoas and the University Hospital of the Federal University of Alagoas, Brazil during the period of January 1991 to May 2002 were analysed.The expression of the p53 protein was evaluated by an immunohistochemistry method, and compared to age, sex, infiltration of the gastric wall, histological type, histological differenciation, lymph node involvement, stage (TNM) and patient longevity. RESULTS: In the total number of patients, 27 were male (60%). The age range of all patients was 26 - 75 years (mean = 53.9 years). Forty patients (88.9%) were classified as well differenciated. As far as infiltration of the gastric wall, 28 patients (62.2%) were classified as having deep infiltration. In 25 patients (55.6%) the lymph nodes were free of disease. The histological study revealed that 29 patients (64.4%) were classified as the intestinal type of Lauren's classification. The stage (TNM) showed that 33 patients (73.3%) presented an advanced tumor. In the immunohistochemistry analysis, 18 patients (40%) were considered positive.The follow-up varied between 63 to 3920 days, with the average time being 1020.4 days. The statistical method of univariate analysis of Mantel identified the variables: age, stage, lymph node involvement and the tumor infiltration of the gastric wall as prognostic factors related to the patient with a significant statistical longevity (p<0.05). Multivariate analysis showed that only lymph node involvement was an independent prognostic factor. CONCLUSION: The author concluded that 18 (40%) of the total number of 45 patients with gastric carcinoma showed an immunohistochemistry reaction. There was no significant statistical relationship between expression of p53 protein and prognostic factors studied. Expression of p53 protein was not an independent prognostic factor.

OBJETIVO: Avaliar a expressão da proteína p53 no adenocarcinoma gástrico e correlacioná-la com variáveis clínicas e anatomopatológicas, tais como: idade, sexo, infiltração da parede gástrica (T), tipo histológico (Laurén), grau de diferenciação histológica, comprometimento linfonodal, estadiamento (TNM) e sobrevida. MÉTODO: Foram analisados os registros médicos e reestudadas as lâminas de peças cirúrgicas de 45 doentes com adenocarcinomas gástricos submetidos à gastrectomia parcial e total no Serviço de Cirurgia Oncológica da Santa Casa de Misericórdia de Maceió-AL e no Hospital Universitário da Universidade Federal de Alagoas, no período de 1991 a 2002. A expressão da proteína p53 foi avaliada pelo método imunohistoquímico com o anticorpo monoclonal DO-7 e comparada com idade, sexo, infiltração na parede gástrica, tipo histológico, grau de diferenciação, comprometimento linfonodal, estadiamento e sobrevida. RESULTADOS: Dos 45 doentes, 27 eram do sexo masculino (60%). A média das idades foi 53,9 anos (26 - 75 anos), e mediana de 57 anos. Em 40 doentes (88,9%) o tumor foi classificado como bem diferenciado. Quanto à infiltração na parede gástrica, em 28 doentes (62,2%) foram classificados como profundos. Em 25 doentes (55,6%) não havia comprometimento linfonodal. O estudo histológico revelou que 29 doentes (64,4%) apresentavam tumores classificados como tipo intestinal de Laurén. O estadiamento TNM demonstrou que 33 (73,3%) doentes apresentavam tumores avançados. Quanto à expressão da p53, 18 doentes (40%) foram considerados positivos. O tempo médio de seguimento foi de 1020,4 dias (63 - 3920 dias) e mediana de 798 dias. Trinta e um (68,9%) doentes evoluíram para óbito. As variáveis: idade, estadiamento, comprometimento linfonodal e infiltração do tumor na parede gástrica, foram fatores prognósticos relacionados à sobrevida com significado estatístico (p<0,05). Não houve correlação estatística significativa da proteína p53 com as variáveis estudadas. A análise estatística multivariada identificou apenas o comprometimento linfonodal como fator prognóstico independente. CONCLUSÕES: Os autores concluíram que dezoito (40%) dos doentes expressaram a reação imunohistoquímica para p53. Não houve correlação estatística significativa da expressão da proteína p53 com os fatores prognósticos estudados. A expressão da proteína p53 não foi fator prognóstico independente.
Palavra-chave Gastric adenocarcinoma
p53 protein
Immunohistochemistry
Prognosis
Adenocarcinoma gástrico
Proteína p53
Imunohistoquímica
Prognóstico
Idioma Português
Data de publicação 2004-06-01
Publicado em Revista do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Colégio Brasileiro de Cirurgiões, v. 31, n. 3, p. 186-193, 2004.
ISSN 0100-6991 (Sherpa/Romeo)
Publicador Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Extensão 186-193
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69912004000300008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-69912004000300008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2143

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-69912004000300008.pdf
Tamanho: 128.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta