Efeitos transversais da expansão rápida da maxila assistida cirurgicamente, utilizando Haas e Hyrax

Efeitos transversais da expansão rápida da maxila assistida cirurgicamente, utilizando Haas e Hyrax

Título alternativo Transverse effects of surgically assisted rapid maxillary expansion, using Haas and Hyrax
Autor Hino, Claudia Toyama Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Pereira, Max Domingues Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Cirurgia translacional – São Paulo
Resumo Introdução: A Expansão rápida da maxila assistida cirurgicamente (ERMAC) é o tratamento de escolha para correção da deficiência transversal superior a cinco milímetros, em pacientes com maturidade esquelética, embora a influência do tipo de aparelho expansor sobre essas alterações ainda não esteja bem esclarecida. Objetivo: Determinar as alterações transversais esqueléticas e dentais na maxila após a ERMAC com Haas e Hyrax. Métodos: Foram submetidos à osteotomia Le Fort I subtotal 38 pacientes adultos (idade entre 18 a 39 anos), sorteados entre dois Grupos: Grupo Haas, 19 pacientes que utilizaram aparelho Haas; e Grupo Hyrax, 19 pacientes que utilizaram aparelho Hyrax. Foram obtidas medidas da largura da maxila, distância transversal dos molares e sua inclinação nas telerradiografias pósteroanteriores feitas no pré-operatório (T1), no final da expansão (T2) e após quatro meses do final da expansão (T3). Foram obtidas as medidas das distâncias intercúspides e intercolos dos primeiros pré-molares e molares, antes da cimentação do aparelho (M1) e após a remoção do aparelho (M2), nos modelos de gesso. Resultados: Os dois grupos revelaram em T2 aumento estatisticamente significante na largura da maxila, distância transversal dos molares e inclinação dos molares (p<0,001); T3 apresentou diminuição estatisticamente significante na largura da maxila, enquanto a distância transversal dos molares permaneceu estável (p<0,001). A expansão não ocorreu de forma paralela, havendo incremento na largura da maxila na proporção de 71% da distância transversal dos molares e os molares inclinaram-se para vestibular (p<0,05). Conclusão: Ocorre expansão esquelética e dental, assim como inclinação dos molares. A largura da maxila diminui no Hyrax.

Introduction: Surgically assisted rapid maxillary expansion (SARME) is the treatment of choice for correcting the deficiency of the transverse maxillary of more than 5mm in patients with skeletal maturity, even though the influence of the expander type on these alterations has not been elucidated yet. Objective: Determine the skeletal and dental transverse alterations in the maxillary after the SARME, with the application of Haas and Hyrax. Methods: Thirty eight adult patients (aged between 18 and 39 years), subjected to subtotal Le Fort I osteotomy, were sorted and divided into: Hass group comprised of 19 patients, and the Hyrax group comprised of 19 patients. Measurements of maxillary width, transversal distance of the molars, and its inclination on the posteroanterior cephalographs were obtained in the preoperatory period (T1), in the end of the expansion (T2), and after four months of the end of the expansion (T3). The measurement of intercuspidal and intercolos distances of the plaster models were obtained from the first premolars and molars, before expander cementation (M1), and after the expander removal (M2). Results: Both groups revealed statistically significant increase in the maxilla width in T2, transversal distance and molars inclination (p<0,001); T3 showed a statistically significant decrease in the maxilla width and molars inclination (p<0,001). The expansion did not occur in a parallel way, presenting an increment on the maxilla width of 71% from the distance of the transversal molars, and molars had an vestibular inclination (p<0,05). Conclusion: There is skeletal and dental expansion, and also molars inclination. The maxilla width decreases with Hyrax.
Palavra-chave Maxila
Técnica de expansão palatina
Maxila/cirurgia
Circunferência craniana
Idioma Português
Data de publicação 2006
Publicado em HINO, Claudia Toyama. Efeitos transversais da expansão rápida da maxila assistida cirurgicamente, utilizando Haas e Hyrax. 2006. 119 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2006.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 119 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21424

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-21424.pdf
Tamanho: 3.080MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta