Short form-36, escala de auto-estima Rosemberg/UNIFESP-EPM e Health Assessment Questionnaire-20 em pacientes com ulcera venosa crônica em membros inferiores

Short form-36, escala de auto-estima Rosemberg/UNIFESP-EPM e Health Assessment Questionnaire-20 em pacientes com ulcera venosa crônica em membros inferiores

Título alternativo Short Form-36, self-esteem Rosemberg/UNIFESP-EPM and Stanford Health Assessment Questionnaire in patients with venous ulcer
Autor Faria, Elaine Cristina Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Hochman, Bernardo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Cirurgia Translacional – São Paulo
Resumo Introdução: As úlceras de perna apresentam relevante prevalência. Objetivo: Investigar a qualidade de vida, auto-estima e capacidade funcional em pacientes com úlcera de perna. Método: Grupo de Estudo (GE) 80 pacientes portadores de úlcera venosa crônica (UV) e Grupo Controle (GC) 80 pacientes sem úlcera. Utilizou-se o Short Form-36, escala de auto-estima Rosenberg IUNIFESP-EPM, e o Stanford Health Assessment Questionnaire HAQ-20 e um questionário sócio-demográfico, todos preenchidos por meio de entrevista. Das 160 pessoas que participaram do estudo, 48,12 por cento tinham idade entre 46 e 65 anos e uma idade média de 64 anos; 73,12 por cento eram do gênero feminino, 78,12 por cento de etnia branca, 58,12 por cento casados, 47,50 por cento com escolaridade de 1 a 4 anos, 81,25 por cento católicos, renda de 1 salário mínimo em 63,12 por cento, 78,12 por cento não fumantes, 97,50 por cento negavam etilismo. O GE possuía um tempo médio de ulceração de 11,2 anos. Resultados: As médias dos escores, obtidas em cada domínio do questionário SF-36, apresentaram diferenças com significância estatística em 7 dos 8 domínios sendo eles, capacidade funcional, aspectos físicos, aspectos sociais e aspectos emocionais. Não se encontrou diferença com significância estatística entre os escores médios da escala de auto-estima entre os grupos. Houve diferença com significância estatística entre os escores médios para capacidade funcional obtidos pelos grupos. Conclusão: A qualidade de vida encontrou-se alterada nos domínios capacidade funcional, aspectos físicos, aspectos sociais, aspectos, emocionais, dor, vitalidade e estado geral de saúde do SF-36. A auto-estima não foi afetada segundo o questionário de auto-estima Rosenberg/Unifesp-EPM. A capacidade funcional encontrou-se alterada em 7 dos 8 componentes do HAQ-20.
Assunto Úlcera Varicosa
Qualidade de Vida
Autoimagem
Idioma Português
Data 2006
Publicado em FARIA, Elaine Cristina. Short Form-36, Escala de Auto-Estima Rosenberg/ UNIFESP – EPM, e Health Assessment Questionnaire - 20 em Pacientes com Úlcera Venosa Crônica. 2006. 99 f. Dissertação (Mestrado) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2006.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 82 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21416

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Tese-10043.pdf
Tamanho: 927.3Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Buscar DSpace


Navegar

Minha conta