Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21402
Title: Short-Form 36 em pacientes submetidas a mastectomia por doença maligna da mama
Other Titles: Short-form 36 among patients submitted to mastectomy for breast cancer
Authors: Sabino Neto, Miguel [UNIFESP]
Archangelo, Silvania de Cássia Vieira [UNIFESP]
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Keywords: Neoplasias da mama
Mastectomia
Qualidade de vida
Questionários
Issue Date: 2006
Publisher: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Citation: ARCHANGELO, Silvania de Cássia Vieira. Short-form 36 em pacientes submetidas à mastectomia por doença maligna da mama. 2006.185 f. Dissertação (Mestrado) – Escola Paulista de Medciina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2006.
Abstract: Introdução: O câncer de mama é a neoplasia ginecológica que mais causa mortes na mulher e sua incidência no Brasil, assim como nos países desenvolvidos está aumentando. Apesar dos recentes avanços no diagnóstico e tratamento da doença, a mastectomia ainda é indicada em uma parcela substancial das pacientes. Objetivo: Avaliar a qualidade de vida de pacientes submetidas à mastectomia por doença maligna da mama. Métodos: Para avaliar a qualidade de vida, foi utilizado o questionário genérico de avaliação de qualidade de vida, o SF-36, aplicado através de entrevista em 116 pacientes submetidas à mastectomia há pelo um ano e em 40 mulheres não portadoras de câncer de mama. Resultados: Foi observado diferença significante nos domínios "capacidade funcional", " aspectos físicos", "vitalidade", "aspectos sociais" e "aspecto emocional", assim como nos componentes físico e mental. Quando se relacionou a qualidade de vida com a idade da paciente evidenciou-se diferença significante nos domínios "capacidade funcional" e "estado geral de saúde" e, quanto ao tempo decorrido da cirurgia, observou-se diferença significante nos domínios "aspectos físicos" e "vitalidade" Não foi observado nesta casuística maior impacto da mastectomia nas mulheres jovens. Conclusão: A mastectomia piora a qualidade de vida da mulher, nos componente físico e mental.
URI: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21402
Appears in Collections:Dissertação de mestrado

Files in This Item:
File SizeFormat 
Tese-10029.pdf611.14 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.