Escala de auto-estima de Rosemberg/UNIFESP-EPM, Standford Health Assessment Questionnaire 20, e Numerical Rating Scale em pacientes com hipertrofia mamária

Escala de auto-estima de Rosemberg/UNIFESP-EPM, Standford Health Assessment Questionnaire 20, e Numerical Rating Scale em pacientes com hipertrofia mamária

Título alternativo Rosemberg/UNIFESP-EPM self-esteem scale, Stanford Health Assessment Questionnaire 20 and Numeical Rating Scale in patients with breast hypertrophy
Autor Araújo, Carlos Delano Mundim Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Veiga, Daniela Francescato Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Cirurgia Translacional – São Paulo
Resumo Introdução: A mama e suas alterações têm sido cada vez mais estudadas. Dentre estas, a hipertrofia mamária tem posição de destaque pela freqüência e influência na coluna vertebral. Objetivo: O objetivo deste estudo foi investigar a auto-estima, capacidade funcional e dor na coluna vertebral em pacientes com hipertrofia mamária. Métodos: Realizou-se estudo primário, analítico e transversal, em pacientes do Hospital Universitário Samuel Libânio, Pouso Alegre – MG. Foram examinadas 50 pacientes com hipertrofia mamária (grupo estudo) e 50 com mamas de tamanhos normais (grupo controle) com idade variando entre 18 e 59 anos. As mamas foram medidas utilizando-se o critério de Sacchini e a classificação de Franco & Rebello. Para avaliar a auto-estima, foi utilizada a escala de auto-estima Rosenberg/UNIFESPEPM. Para avaliar a capacidade funcional, foi utilizado o questionário STANFORD HEALTH ASSESSMENT QUESTIONNAIRE 20 (HAQ-20). A escala Numerical rating scale (NRS) foi utilizada para avaliar a presença e intensidade da dor nos segmentos cervical, dorsal e lombar da coluna vertebral. Resultados: Os escores encontrados na escala de auto-estima Rosenberg/UNIFESP-EPM e no HAQ-20 foram mais elevados no grupo estudo. Os valores da escala NRS foram maiores no grupo estudo para todos os segmentos da coluna vertebral com escore mais elevado no segmento dorsal. Conclusão: Pacientes portadoras de hipertrofia mamária apresentaram menor autoestima, menor capacidade funcional e mais dor em coluna vertebral, em especial o segmento dorsal.
Palavra-chave Mama
Questionários
Mamoplastia
Dor nas costas
Idioma Português
Data de publicação 2006
Publicado em ARAÚJO, Carlos Delano Mundim. Escala de auto-estima de Rosenberg/UNIFESP-EPM, Stanford Health Assessment Questionnaire 20 e Numerical Rating Scale em pacientes com hipertrofia mamária. 2006. 114 f. Dissertação (Mestrado) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2006.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 102 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21401

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-10028.pdf
Tamanho: 6.574MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta