Análise do perfil de apresentação diagnóstica, indicação de paratiroidectomia e acompanhamento da densidade mineral óssea de pacientes brasileiros portadores de hiperparatiroidismo primário

Análise do perfil de apresentação diagnóstica, indicação de paratiroidectomia e acompanhamento da densidade mineral óssea de pacientes brasileiros portadores de hiperparatiroidismo primário

Título alternativo Analysis of diagnostic presentation profile, parathyroidectomy indication and bone mineral follow up braziliam patients with primary hyperparathyroidism
Autor Oliveira, Ulisses Eliseu Maia de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Hauache, Omar Magid Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Medicina (endocrinologia clínica) - São Paulo
Resumo OBJETIVOS: O hiperparatiroidismo primário (HPP) é uma doença endócrina com expressão clínica variável, apresentando-se geralmente na forma de hipercalcemia assintomática nos países ocidentais, mas ainda predominantemente como uma doença sintomática nos países em desenvolvimento. Procuramos descrever nesse estudo o perfil de apresentação clínica, a indicação de paratiroidectomia e o seguimento pós-cirúrgico da densidade mineral óssea (DMO) dos pacientes com HPP vistos em nosso serviço, em São Paulo, Brasil. MATERIAIS E MÉTODOS: Estudo retrospectivo, envolvendo 115 pacientes (92 mulheres, mediana de idade de 56 anos) diagnosticados com HPP durante os últimos vinte anos em um hospital universitário. Pacientes sintomáticos foram definidos baseados na presença de qualquer sintoma clássico afetando sistemas ósseo, renal ou neuromuscular. Os critérios cirúrgicos foram baseados nas diretrizes do National Institutes of Health sobre HPP assintomático. A DMO foi avaliada por meio de densitometria óssea através de DXA (Absorciometria por Raios-X Duo-Energético). Um valor de p igual ou menor que 0,05 foi considerado significativo para as variáveis analisadas. RESULTADOS: Pacientes sintomáticos e pacientes preenchendo critérios cirúrgicos para fazer paratiroidectomia foram identificados respectivamente em 66% e 93% da amostra. Os valores medianos de cálcio e de PTH foram 11,9 mg/dL e 189 pg/mL, respectivamente. Após o tratamento cirúrgico, 97% dos pacientes estavam normocalcêmicos, com aumentos na DMO de 19,4% na coluna lombar e de 15,7% no colo do fêmur três anos após a 8 cirurgia. Encontramos aumentos maiores da DMO de coluna lombar e colo do fêmur em mulheres pré-menopausadas, homens, indivíduos mais jovens e indivíduos sintomáticos. CONCLUSÕES: Nossos resultados reforçam estudos anteriores de que o HPP ainda é uma doença predominantemente sintomática no Brasil, com um perfil de apresentação que pode estar relacionado principalmente com o diagnóstico tardio. Entretanto, outros fatores devem ser considerados, tais como fatores genéticos, raciais ou nutricionais, como a deficiência de cálcio e de vitamina D, os quais podem desempenhar algum papel na apresentação clínica do HPP nos pacientes brasileiros.

OBJECTIVES: Primary hyperparathyroidism (PHP) is an endocrine disorder with variable clinical expression, frequently presenting as asymptomatic hypercalcemia in Western countries, but still predominantly as a symptomatic disease in developing countries. In this study, we aimed to describe the diagnostic presentation profile, parathyroidectomy indication and post surgical bone mineral density (BMD) follow up of patients with PHP followed in our institution, in Sao Paulo, Brazil. PATIENTS AND METHODS: Retrospective study in the setting of a University Hospital, involving 115 patients (92 women, median age 56yrs) with PHP diagnosed during the last twenty years. Symptomatic patients were defined based on the presence of any classical symptom affecting bone, kidney or the neuromuscular system. Surgical criteria followed the National Institutes of Health guidelines on asymptomatic PHP. Densitometric studies performed by DXA (Dual Energy X-Ray Absorptiometry) were used to analyse BMD. A P value equal or lower than 0.05 was taken to indicate significant difference. RESULTS: Symptomatic patients and patients meeting surgical criteria for parathyroidectomy were 66% and 93% of the sample, respectively. Median calcium and PTH values were 11,9 mg/dL and 189 pg/mL, respectively. After surgical treatment, 97% of patients were normocalcemic, with increases in bone mineral density of 19,4% at lumbar spine and 15,7% at femoral neck three years after surgery. We found greater bone mass increases in pre-menopausal women, men, symptomatic and in younger patients, both at lumbar spine and femoral neck.
Palavra-chave Hiperparatireoidismo Primário
Hipercalcemia
Densidade Óssea
Paratireoidectomia
Idioma Português
Data de publicação 2006
Publicado em OLIVEIRA, Ulisses Eliseu Maia de. Análise do perfil de apresentação diagnóstica, indicação de paratiroidectomia e acompanhamento da densidade mineral óssea de pacientes brasileiros portadores de hiperparatiroidismo primário. 2006. 60 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2006.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 60 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21377

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-21377.pdf
Tamanho: 456.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta