Distribuição do dextran-99mmTc e do carvão ativado no linfonodo sentinela em coelho

Distribuição do dextran-99mmTc e do carvão ativado no linfonodo sentinela em coelho

Título alternativo Distribution of dextran-99mmTc and actived carbon in sentinel lymph nodes of rabbit
Autor Oliveira, Rogério Porto da Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Smith, Ricardo Luiz Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Determinar a distribuição do dextran - 99MT c e do carvão ativado na região do linfonodo sentinela (LS), assim como, se ambos tendem a se concentrar mais em um dos lados do LS, simulando o trajeto da micormetástase de melanoma cutâneo, podendo, dessa forma, ser utilizado como marcador intra-operatório. Métodos: Foram utilizados 16 coelhos da raça Nova Zelândia com idade variando entre três e seis meses, submetidos à administração de 0,1 ml de dextran- 99mT C na face plantar da pata traseira direita, 20 min antes da biópsia do linfonodo sentinela. A seguir, procedeu-se a injeção de 1,0 ml de uma solução contendo carvão ativado a 3 por cento e azul patente V na proporção de 1: 1, proximalmente à injeção do radiofármaco. Após 20 min foi realizada a aferição da radioatividade do leito de injeção e da fossa poplítea, para confirmação do tempo de migração do radiofármaco e posterior comparação aos níveis de radioatividade no LS. O linfonodo identificado foi ressecado e os pontos de maior e menor radioatividade mensurados (H1, hipercaptante e H2, hipocaptante). Resultados: Foi observada a formação de duas pápulas derivadas das injeções do corante azul patente V/CA e dextran -99MTc, comprovando a ocorrência de circulação linfática efetiva durante o período decorrente, desde a aplicação do corante até a dissecação do LS. As médias de captação das metades H1 e H2 do LS foram de 6139 i/s e 4549 i/s, respectivamente. Conclusões: A análise da radioatividade do LS ressecado sugeriu que a maior captação de dextran-99mTc ocorreu em apenas uma de suas metades. O carvão ativado pode ser utilizado como um método de identificação do LS no intra-operatório.
Palavra-chave Dextranos
Carvão vegetal
Linfonodos
Tecnécio
Coelhos
Idioma Português
Data de publicação 2006
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2006. 130 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 130 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21278

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta