Avaliação da aplicação de um componente especifico para a vigilância de infecções relacionadas a assistência a saúde em pacientes com cancer e neutropenia

Avaliação da aplicação de um componente especifico para a vigilância de infecções relacionadas a assistência a saúde em pacientes com cancer e neutropenia

Título alternativo Evaluation of specific component to surveillance for healtcare associated infections in patients with cancer and neutropenia
Autor Cardoso, Maria Fatima dos Santos Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Medeiros, Eduardo Alexandrino Servolo de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Infectologia - São Paulo
Resumo Objetivos: analisar a aplicação de um componente específico para o diagnóstico das infecções relacionadas à assistência à saúde em pacientes com câncer durante o período de neutropenia; avaliar as variáveis associadas e determinar a mortalidade associada às infecções relacionadas à assistência à saúde nesta população. Métodos: foi realizado um estudo de coorte no Hospital Israelita Albert Einstein, hospital privado, com 430 leitos. Foram acompanhados os pacientes com câncer e neutropenia (definido como sendo a contagem absoluta de neutrófilos ≤ 500 células/mm3 de sangue) admitidos consecutivamente na Unidade Oncológica entre primeiro de fevereiro de 2001 e 31 de janeiro de 2005. A vigilância epidemiológica, realizada por enfermeiro epidemiologista utilizando formulário específico, consiste na busca ativa dos casos de infecção (segundo critérios diagnósticos do Centers for Disease Control and Prevention), fatores de risco associados e levantamento do número de granulócitos. Resultados: foram acompanhados 206 pacientes (6212 pacientes-dia e 3113 neutropenia-dia). A maioria pertencia ao sexo masculino (58,7%). A mediana de idade foi 53 anos (2 - 86 anos). As doenças hematológicas foram as mais freqüentemente encontradas, destacando-se os linfomas e leucemia. Houve predomínio de transplante de medula autólogo (86,6% dos transplantes incluídos). A maioria dos pacientes apresentou apenas um episódio de neutropenia, com uma média de 1,7 (1-9) episódios. O cateter venoso central esteve presente na maioria dos pacientes (82,5%). Foram diagnosticadas 169 infecções relacionadas à assistência à saúde em 104 pacientes. A taxa de densidade de infecção foi de 27,2 por 1000 pacientesdia e a taxa de densidade por neutropenia-dia foi de 54,3. Das infecções relacionadas à assistência à saúde, a mais freqüente foi a de corrente sangüínea associada á cateter venoso central, sendo a densidade de incidência de 22,3 por 1000 cateteres venosos central-dia. A mortalidade associada às infecções relacionadas à assistência à saúde nesta população foi 1,2%. Cinco variáveis associaram-se independentemente com o risco de Resumo x desenvolver infecção relacionada à assistência à saúde: ocorrência de dois ou mais episódios de neutropenia (OR 4,59; IC95%= 2,12 -9,95; p= 0,0001), ter sido submetido a transplante de medula óssea autólogo (OR 3,68; IC95%= 1,69 - 7,99; p= 0,05), ser paciente neutropênico grave no qual a contagem de neutrófilos foi ≤ 100 por mm3 de sangue (OR 5,59; IC95%= 1,28 - 24,28; p= 0,02), ter recebido tratamento quimioterápico no período prévio a neutropenia (OR 3,06; IC95%= 1,35 - 6,96; p= 0,0076) e ter utilizado antiviral (OR 2,31; IC95%= 2,13 - 4,75; p= 0,02) antes da infecção relacionada à assistência à saúde. Conclusões: o componente neutropeniadia foi importante para o diagnóstico das infecções relacionadas à assistência à saúde durante o período de neutropenia, mas a coleta do número de granulócitos demanda tempo. Os fatores de risco associados a aquisição de infecções relacionadas à assistência à saúde estão mais relacionados a doença de base do paciente, terapêutica e suas conseqüências. Observou-se baixa mortalidade nesta população.

Objectives: to evaluate a specific component for surveillance for healthcare associated infections in patients with cancer and neutropenia, and the variables associated with healthcare associated infections. To determine the mortality associated with healthcare associated infections. Methods: this study was done in a prospective cohort. All adults and children patient with cancer and neutropenia (defined as an absolute neutrophil count ≤ 500 cell/mm3 ) admitted to an Oncology unit of Albert Einstein hospital between February 1, 2001, and January 31, 2005 were included. Active surveillance was carried out by the infection control nurse using a specific formulary. The healthcare associated infections were classified according to Centers for Disease Control and Prevention’s criteria. Risk factors associated with healthcare associated infections and total number of neutrophils were also collected. Results: over the 48-months period, the 206 patients accounted for 6212 patient-days, and 3113 neutropenic-days. Of these patients, 58,7% was men. The median age was 53 years (range 2-86 years). Most patients had hematology diseases; leukemias and lymphomas were the most frequent diseases. The majority bone marrow transplantation was autologous (86,6%). More than half patients had one neutropenia episode only, with mean 1,7 episodes (range 1-9 episodes). During the study period, a total of 169 healthcare associated infections were identified in 104 patients. The incidence density of healthcare associated infections was 27, 2 per 1,000 patient-days and 54, 3 per 1,000 neutropenic days. The majority of the healthcare associated infections were catheter-associated bloodstream infection. The incidence density of catheter associated bloodstream infection was 22, 3 per 1,000 central venous catheter-days. The mortality associated with healthcare associated infections was 1, 2%. Five variables were predictive for healthcare associated infections: more than two neutropenia episodes, submitting to autologous bone marrow transplantation, profound neutropenia (absolute neutrophil count ≤ 100 cell/mm3 ), receive to chemotherapeutic regimens previous neutropenia and the use of antiviral previous infection. Conclusions: the neutropenia-days component was important to healthcare associated infection to diagnose during neutropenia period, but to collect the total number of neutrophil is time consuming. The risk factors associated with healthcare associated infections were related to the primary diagnosis, therapy and Abstract 105 its consequences. We observed smaller mortality associated with healthcare associated infections in this population than described in other studies.
Palavra-chave Neutropenia
Neoplasias
Fatores de Risco
Controle de Infecções
Mortalidade
Idioma Português
Data de publicação 2006
Publicado em CARDOSO, Maria Fátima dos Santos. Avaliação da aplicação de um componente especifico para a vigilância de infecções relacionadas a assistência a saúde em pacientes com câncer e neutropenia. 2006. 119 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2006.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 119 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21258

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-21258.pdf
Tamanho: 412.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta