Estudo da estrutura renal na síndrome de isquemia e reperfusão em membros posteriores de ratos

Estudo da estrutura renal na síndrome de isquemia e reperfusão em membros posteriores de ratos

Título alternativo Study of renal structure on hindlimbs ischemia-reperfusion injury in rats
Autor Feitosa, Eliane Alencar do Nascimento Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Taha, Murched Omar Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Ciência cirúrgica interdisciplinar
Resumo As alterações morfológicas renais na síndrome de isquemia e reperfusão em membros posteriores foram estudadas em ratos Wistar (N=60) machos, pesando entre 200 e 250 gramas, distribuídos em 3 grupos: I (sham); II (isquemia); III (isquemia + reperfusão); e cada grupo redistribuído em 2 subgrupos: A (30 min); B (60 min). Foi realizada a isquemia utilizando clampe vascular (8mm) na aorta abdominal infra-renal de acordo com o grupo estudado. Ao final de cada experimento realizou-se o sacrifício sob anestesia. A análise histológica renal cortical e medular (descritiva e morfométrica) foi realizada através de metodologia convencional (parafina-hematoxilina-eosina) e técnica de imuno-histoquímica para a detecção de proteínas reguladoras da apoptose: Bcl-x, Bax e Bcl-2. A análise semiquantitativa de lesão tubular e intersticial foi realizada de acordo com o grau de lesão tubular e grau de lesão intersticial. Para a análise estatística foram aplicados os seguintes testes: Mann-Whitney, Kruskal-Wallis e Teste de Wilcoxon. Foram observadas no grupo IIIB alterações histológicas tubulares e intersticiais significativas com relação aos outros grupos, além de uma maior expressão das proteínas Bcl-x e Bcl-2 na região medular, também no grupo IIIB. Sendo assim, conclui-se que a síndrome de isquemia e reperfusão em membros posteriores de ratos está associada a lesões estruturais renais tubulares, principalmente na fase de reperfusão

Morphologic changes in the ischemia and reperfusion syndrome in posterior limbs were studied in Wistar rats (N=60), male, weighing between 200 and 250 grams, and distributed in 3 groups: I (sham); II (ischemia); III (ischemia + reperfusion); being each group further distributed into 2 subgroups: A (30 min); B (60 min). Ischemia was caused using a vascular clamp (8 mm) in the infrarenal aorta, according to the group studied. At the end of each experiment, the rats were euthanized under anesthesia. Cortical and medullar histological analyses (descriptive and morphometric) were carried out using conventional methodology (paraffin-hematoxiline-eosine) and immunohistochemistry technique was used for detection of the apoptosis-regulating proteins: Bcl-x, Bax, and Bcl-2. Semi-quantitative analysis of the tubular and interstitial lesion was carried out according to the degree of tubular lesion and the degree of interstitial lesion. The following tests were used for the statistical analysis: Mann-Whitney, Kruskal-Wallis, and Wilcoxon Test. Relevant tubular and interstitial histological alterations were observed in group IIIB compared to the other groups, besides a greater expression of proteins Bcl-x and Bcl-2, also in group IIIB. We may therefore conclude that the ischemia and reperfusion syndrome in rat’s posterior limbs is associated to tubular structural renal lesions, especially during the reperfusion phase.
Palavra-chave Rim
Isquemia
Extremidades
Ratos
Idioma Português
Data de publicação 2005
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2005. 49 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 56 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/21041

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-21041.pdf
Tamanho: 353.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta