Aspectos morfológicos e morfométricos do efeito da glicodamina sulfato no disco epifisário de tíbia de ratas (Rattus norvegicus albinus) ooforectomizadas

Aspectos morfológicos e morfométricos do efeito da glicodamina sulfato no disco epifisário de tíbia de ratas (Rattus norvegicus albinus) ooforectomizadas

Título alternativo Effect of glucosamine sulfate in distal tibial growth plate in ooforectomized rats
Autor Maganhin, Carla Cristina Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Mora, Oswaldo Alves Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A glicosamina é um dos constituintes básicos da unidade dissacarídica dos glicosaminoglicanos que compõem os proteoglicanos e utilizada, atualmente, no tratamento dos processos degenerativos articulares. Por este motivo, inúmeros estudos analisam o seu efeito na cartilagem hialina articular de várias articulações. No entanto, sua ação na cartilagem hialina do disco epifisário não foi ainda estudada. Para testar a hipótese de que a glicosamina sulfato tem ação nesta cartilagem, ratas jovens foram ooforectomizadas. Sabemos que a supressão dos hormônios gonodais leva a uma parada do crescimento do animal e a alterações no disco epifisário semelhantes à observada em animais velhos. Após ooforectomia, os animais do grupo experimental receberam intraperitonealmente injeções diárias durante 21 e 45 dias de doses de 9mg/400mg por peso de glicosamina sulfatada comercialmente encontrada como Dinaflex. Cortes das articulações descalcificadas foram obtidos e os discos epifisários da região distal da tíbia foram analisados por microscopia de luz após colaração com os carantes H&E e Sirius Red, e o número de células proliferativas e as áreas ocupadas pela cartilagem remanescente, osso trabecular e medula óssea foram medidas. As diferenças no número de células proliferativas foram estatisticamente significantes para p,O.05 para cada um dos períodos de tempo analisados. Entretanto, as áreas ocupadas pela cartilagem remanescente, osso trabecular e espaço medular foram estatisticamente significante (p > 0.05) somente para 45 dias de tratamento. Estes resultados sugerem um aumento de formação óssea dentro do espaço medular. Também pudemos observar que as razões do número de células proliferativas e osso trabecular com o tratamento com a glicosamina sulfato ultrapassaram a razão obtida para os animais do grupo controle.
Palavra-chave Glucosamina
Lâmina de crescimento
Tíbia
Ovariectomia
Ratos
Idioma Português
Data de publicação 2005
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2005. 60 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 60 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20954

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta