Déficits de memória induzidos pelo etanol em camundongos: influências de alterações comportamentais, da idade e do estresse oxidativo hipocampal

Déficits de memória induzidos pelo etanol em camundongos: influências de alterações comportamentais, da idade e do estresse oxidativo hipocampal

Título alternativo Ethanol-induced memory deficits in mice: influence of behavior, age and hippocampal oxidative stresse
Autor Kameda, Sonia Regina Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador D'Almeida, Vania Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O abuso de álcool é freqüentemente acompanhado de prejuízos cognitivos, demonstrados extensivamente em diversos estudos clínicos e em modelos animais. Embora acredite-se que o hipocampo seja a principal estrutura envolvida nesses efeitos, o mecanismo pelo qual o etanol promoveria tais prejuízos cognitivos ainda não foi completamente esclarecido. Alguns autores sugerem que os efeitos centrais do consumo de etanol seriam semelhantes às conseqüências do envelhecimento normal, e que o abuso de etanol promoveria "envelhecimento cerebral precoce". Nesse sentido, enquanto diversas evidências demonstram que o estresse oxidativo cerebral tem um papel importante no surgimento dos déficits cognitivos relacionados ao envelhecimento, não se sabe se o estresse oxidativo cerebral promovido pelo etanol estaria envolvido nos déficits cognitivos promovidos por essa substância. Paralelamente, sabe-se que ratos adolescentes são mais susceptíveis aos efeitos deletérios do álcool sobre a memória, e essa maior susceptibilidade é atribuída a uma ação dessa substância sobre o cérebro ainda em desenvolvimento. Tais fatos parecem relevantes se considerarmos que o consumo de etanol, além de ser comum em nossa sociedade de maneira geral, torna-se um problema ainda mais relevante em indivíduos jovens (grupo no qual o consumo de altas quantidades é freqüente) e idosos (que já apresentam alta incidência de déficits cognitivos espontâneos). Sob um outro ponto de vista, o estudo dos efeitos do etanol sobre a memória em modelos animais pode ser comprometido por outros efeitos comportamentais promovidos por essa substância. Assim, por exemplo, tanto a administração aguda quanto diferentes tipos de tratamentos crônicos com etanol podem...(au).
Palavra-chave Etanol
Memória
Ansiedade
Modelos animais
Estresse oxidativo
Idioma Português
Data de publicação 2005
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2005. 153 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 153 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20948

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta