Short-Form-36 e Caregiver Burden Scale em cuidados primários de paraplégicos

Short-Form-36 e Caregiver Burden Scale em cuidados primários de paraplégicos

Título alternativo Short-Form-36 and Caregiver Burden Scale in primary caregivers of paraplegics
Autor Blanes, Leila Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ferreira, Lydia Masako Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Cirurgia translacional – São Paulo
Resumo O objetivo deste estudo foi avaliar a qualidade de vida dos cuidadores primários de paraplégicos. Foram incluídos 60 paraplégicos por causa traumática e seus cuidadores primários. O instrumento de coleta de dados constava de dados demográficos e clínicos. A qualidade de vida foi medida por meio do questionário genérico Medical Outcomes Survey 36-ítems Short-Form Health Survey (SF-36). A sobrecarga dos cuidadores foi avaliada com o Caregiver Burden Scale, cujos valores variam de 1 a 4 e quanto maior o resultado, maior a sobrecarga. Dos 60 cuidadores, a maioria era do sexo feminino (81,7 por cento), com média de idade igual a 35,8 (DP=12,91) anos, sendo que 26,6 por cento eram esposas e 23,4 por cento irmãs. Os cuidadores dispensam, em média, 11,3 horas por dia no cuidado ao paraplégico. Vinte e três cuidadores (38,3 por cento) possuíam alguma doença crônica e 53,3 por cento assumiam sozinhos o cuidado ao paraplégico. As dimensões do SF-36 mais afetadas foram os aspectos físicos, dor, vitalidade e aspectos emocionais. A presença Ide doença no cuidador apresentou associação estatística significante com baixos escores na dimensão capacidade funcional (p=O,OO 1), dor (p=0,003), estado geral de saúde (p=0,004), vitalidade (p=0,007) e saúde mental l(p=O,024), utilizando o teste t de Student. O escore médio global do Faregiver Burden Scale foi 1,71 e os escores de cada dimensão variou de 1,39 (envolvimento emocional) a 2,44 (ambiente). Os resultados encontrados permitiram verificar que os cuidadores primários de paraplégicos apresentaram impacto negativo na qualidade de vida em todas as dimensões do SF-36 e do Cargiver Burden Scale, sendo as mais comprometidas, os aspectos emocionais, aspectos físicos, dor e vitalidade.

This study’s purpose is to evaluate the quality of life in primary caregivers of paraplegics. Sixty paraplegics of traumatic cause and its principal caregiver were included in this study. This work consists of demographic and clinical data analysis. The quality of life was measured with the generic questionnaire Medical Outcomes Survey 36-ítems Short-Form Health Survey (SF-36). The overload of the caregiver was evaluated with the Caregiver Burden Scale, whose values vary of 1 until 4. How much bigger the value, bigger the overload. Among the sixty caregivers, the majority was of women (81,7%), with average age of 35.8 (DP=12.91) years, being that 26.6% was wives and 23.4% sisters. The caregiver spends in average 11.3 hours/day in the care to the paraplegic. Twenty-three caregivers (38.3%) presented some type of chronic illness and 53.3% takes care alone of the paraplegic. The parameters of SF-36 more significant to the caregiver were pain, physical aspects, emotional aspects and vitality. The presence of diseases in the caregiver test showed association statistic with low values in the dimension functional capacity (p=0.001), pain (p=0.003), general state of health (p=0.004), vitality (p=0.007) and mental health (p=0.024), using test t of Student. The average score of the Caregiver Burden Scale was 1.71 and the each dimension scores varied of 1.39 (emotional involvement) to 2.44 (environment). The results show low values in all dimensions of SF-36 and Caregiver Burden Scale. The pain, physical aspects, emotional aspects and vitality of SF-36 were the most affected.
Palavra-chave Cuidadores
Qualidade de vida
Carga de trabalho
Paraplegia
Idioma Português
Data de publicação 2005
Publicado em BLANES, Leila. Short-form 36 e caregiver burden scale em cuidadores primários de paraplégicos. 2005. 69 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2005.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 69 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20858

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-20858.pdf
Tamanho: 272.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta