Modelo de tratamento in vivo de tumor cerebral maligno utilizando cânula permanente e infusão intratumoral do agente antineoplásico por pressão positiva

Modelo de tratamento in vivo de tumor cerebral maligno utilizando cânula permanente e infusão intratumoral do agente antineoplásico por pressão positiva

Título alternativo In vivo malignant brain tumor basic model for intratumoral infusion by pressure gradient
Autor Falavigna, Asdrubal Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ferraz, Fernando Antonio Patriani Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Desenvolver um modelo de tratamento de tumor cerebral maligno em ratos utilizando infusão intratumoral por gradiente de pressão de agentes antineoplásicos através de cânula permanente. Métodos: Células tumorais do tipo C6 foram implantadas em ratos Wistar para avaliação do crescimento tumoral. A monitorização da pressão intracraniana foi realizada em animais com tumores e sem tumores para detectar possível aumento durante a infusão de albumina. A fluorescina foi administrada no cérebro de ratos sem tumores e com tumores cerebrais de 25 dias para estudo de concentração e distribuição. A segurança do sistema foi estudada depois de finalizado o teste de infusão com albumina, em ratos com tumores e sem tumores, através da histologia cerebral com coloração de hematoxilina e eosina e pela determinação da apoptose neuronal . Uma cânula foi fixada no crânio do rato e o modelo testado através da infusão local de polipeptídio ativador do monócito endotelial (EMAP). Resultados: Entre todas as velocidades de infusão e volume testados, a melhor combinação foi a da velocidade de infusão de 0,51J1/min com o volume injetado de 401J1. A distribuição da fluorescina foi duas vezes maior quando utilizado o volume de 40111, não havendo relação com a velocidade adotada. Não foi detectada lesão histológica decorrente da infusão da albumina. A administração direta do EMAP promoveu significativa redução do tumor quando comparada com a via intraperitoneal ou com o grupo controle. Conclusões: Os parâmetros de infusão intratumoral seguros e eficazes são um volume total administrado de 401J1, uma velocidade de infusão de 0,51ul/min e um intervalo de 48 horas entre as aplicações.
Palavra-chave Neoplasias encefálicas
Pressão intracraniana
Idioma Português
Data de publicação 2005
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2005. 54 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 54 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20837

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta