Avaliação do exame ultra-sonográfico de pacientes afastados do trabalho com diagnóstico de LER de uma indústria de São Paulo

Avaliação do exame ultra-sonográfico de pacientes afastados do trabalho com diagnóstico de LER de uma indústria de São Paulo

Título alternativo Ultrasound evaluation of patients of work with a diagnosis of repetive strain injury(RSI) in an industrial plant in São Paulo
Autor Mitraud, Sônia de Aguiar Vilela Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Fernandes, Artur da Rocha Correa Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Medicina (Radiologia Clínica) - EPM
Resumo Objetivos: Analisar o exame ultra-sonográfico no diagnóstico da LER/DORT, através da correlação entre os aspectos clínicos com os achados ultra-sonográficos (avaliação qualitativa) de ombros e punhos e análise das dimensões do túnel do carpo e nervo mediano nos indivíduos sintomáticos e assintomáticos. Métodos: Realizados exames ultra-sonográficos com transdutor linear de alta resolução (10 MHz) de ombros e punhos em 56 indivíduos, todos do sexo feminino, montadores de velocímetros, sendo 41 sintomáticos e afastados do trabalho com diagnóstico de LER/DORT e 15 assintomáticos. A técnica utilizada segue a estabelecida na literatura. Foram correlacionados os achados ultra-sonográficos com os achados de exame físico de acordo com significância clínica que cada teste realizado poderia indicar (quadros 1 e 2). As medidas do túnel do carpo e nervo mediano realizadas em diversos planos (pisiforme e hamato) e a área calculada através do método indireto, considerando o túnel do carpo e nervo mediano com forma geométrica ovóide. Os achados foram submetidos à avaliação estatística. Resultados: Os principais achados de exame físico nos 41 indivíduos sintomáticos foram: dor a palpação da cintura escapular, teste do pinçamento subacromial positivo, dor a palpação no punho e testes de Phalen e Finkelstein positivos. Dos 82 exames de ultra-som nos indivíduos sintomáticos: 29 exames de ombros (35,4%) e 17 exames de punhos (20,7%) mostraram-se alterados. As principais foram: Líquido/bursite subacromial subdeltoídea, líquido na bainha do tendão da cabeça longa do bíceps, nervo mediano espessado e líquido na bainha dos tendões flexores. Dos 30 exames de ultra-som nos indivíduos assintomáticos 10 exames (33,3%) mostraram alguma alteração. O achado mais freqüente foi: tendinopatia calcária em 8 casos, 66,7% do total dos achados encontrados. Na correlação entre o exame físico e achados ultra-sonográficos no ombro, não houve concordância significativa para dor a palpação e pinçamento subacromial; houve concordância significativa para a negatividade entre lesão do manguito rotador e do tendão da cabeça longa do bíceps. Não houve concordância significativa entre o exame físico e achados ultra-sonográficos no punho. Não houve diferença estatisticamente significante entre as medidas do túnel do carpo e nervo mediano para os indivíduos sintomáticos e assintomáticos. Conclusões: O exame ultra-sonográfico não mostrou correlação significativa com os parâmetros clínicos, em pacientes com LER/DORT, porém pode confirmar a ausência de lesão tecidual específica principalmente nos ombros devido à correlação estatística para a negatividade entre os teste do manguito e tendão da cabeça longa do bíceps. Não houve diferença nas dimensões do túnel do carpo e nervo mediano entre os indivíduos sintomáticos e assintomáticos.

Objective: Analyze the ultrasound exam on RSI/NSAP diagnosis through the correlation between the clinical aspects and the ultrasound findings (qualitative evaluation) on shoulders and wrists and the analysis of the carpal tunnel and the median nerve dimensions in symptomatic and non-symtomatic patients. Methods: Shoulders and wrists ultrasound exams done with high resolution linear transductor (10 mHz) in 56 patients, all female, speedometers assembly line workers, being 41 symptomatic and away from work due to RSI/NSAP diagnosis and 15 non-symptomatic. The used technique follows what is established in the literature. The ultrasound findings were correlated to the physical exam findings according to the clinical significance that each test done could indicate (charts 1 and 2). Measures of the carpel tunnel and the medium nerve were taken in various plans (pisiform and hamate) and the calculated area through the indirect method, considering the carpal tunnel and the medium nerve in an ovoid form. The findings were submitted to statistical analysis. Results: Main findings from physical exams done in 41 symptomatic patients were: pain in palpation of shoulder, positive subacromial impigement test, pain in wrist palpation and positive Phalen’s and Finkelstein’s tests. In 82 ultrasound exams in symptomatic patients we got: 29 shoulders exams (35,4%) and 17 wrist exams (20,7%) revealed alterations, the main were: sub-acromial sudeltoid effusion, long head of the biceps tendon sheath fluid, thickening of the median nerve and tendons flexor sheaths fluid. In 30 ultrasound exams in non-symptomatic patients, 10 exams (33,3%) showed some alteration. The most frequent finding was: calcific tendinopathy in 8 cases, 66,7% of the total findings. In the correlation between physical exams and shoulder ultrasound findings there were no significant concordance for: pain in subacromial palpation and impigment; there was significant concordance for negativity between rotador cuff injuries and long head of the biceps injuries. There was no significant concordance between physical exam and wrist ultrasound findings. There was no significant statistic difference between the dimensions of the carpel tunnel and medium nerve among symptomatic and non-symptomatic patients. Conclusions: Ultrasound exam did not show a significant correlation with clinical parameters in RSI/NSAP patients, although it can confirm the absence of specific tecidual injure specially in shoulders due to a statistic correlation to negative results in the rotador cuff tests and long head of the biceps tendon test. There was no difference in the dimensions of the carpel tunnel and medium nerve among symptomatic and non-symptomatic patients.
Assunto Transtornos Traumáticos Cumulativos
Síndrome do Túnel Carpal
Tendões/fisiopatologia
Bainha Rotadora
Tenossinovite
Idioma Português
Data 2005
Publicado em MITRAUD, Sônia de Aguiar Vilela. Avaliação do exame ultra-sonográfico de pacientes afastados do trabalho com diagnóstico de LER de uma indústria de São Paulo. 2005. 116f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2005.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 108 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20792

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Tese-9405.pdf
Tamanho: 2.303Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)