Perfil dos hospitais da grande São Paulo quanto a terapia nutricional: impacto da equipe multiprofissional de terapia nutricional

Perfil dos hospitais da grande São Paulo quanto a terapia nutricional: impacto da equipe multiprofissional de terapia nutricional

Título alternativo Profile of hospitals in the São Paulo metropolitan region according to the nutritional therapy: impact of nutritional therapy multiprofessional team
Autor Bottoni, Andrea Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Waitzberg, Dan Linetzky Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliar a prática da terapia nutricional sob o ponto de vista da atuação da equipe multiprofissional de terapia nutricional (EMTN) nos hospitais da Grande São Paulo, verificando sua adequação às portarias que regulamentam a TN. Metodologia: Estudo prospectivo, aberto, utilizando pesquisa ativa por meio de inquérito com questionário dirigido de múltipla escolha e descritivo, com o auxílio do software EPI Info versão 6.04. Os dados foram apresentados na forma de mediana e percentis 25 e 75 e comparados conforme o desfecho considerado. Assumiram-se como significativos valores de p < 0,05. Resultados: Foram avaliados 119 hospitais situados na região da Grande São Paulo: 84 localizados no município de São Paulo e 35 nos demais municípios. Os hospitais com EMTN foram 52: 35 no município de São Paulo e 13 nos demais municípios. Não se encontrou diferença estatisticamente significante quanto à presença ou não de EMTN segundo o porte dos hospitais (pequeno, médio, grande e especial). Observamos que os hospitais filantrópicos são os que apresentam a maior proporção de presença de EMTN. Os hospitais dos tipos privado, de ensino e públicos não apresentam diferença significante entre si quanto à presença de EMTN. Conclusões: O número de EMTNs nos hospitais da grande São Paulo é inferior ao estabelecido na legislação; a existência das EMTNs é mais freqüente nos hospitais de médio e grande porte; a aquisição de insumos e equipamentos necessários para a prática da TN é mais adequada em hospitais de reembolso não-público; as EMTNs de hospitais não-públicos mostraram-se mais capacitadas que as de hospitais públicos em termos de implementação de terapia nutricional parenteral e enteral; os hospitais privados oferecem para os profissionais da EMTN melhores condições de aprimoramento do que os hospitais públicos.
Palavra-chave Terapia nutricional
Hospitais
Desnutrição/diagnóstico
Equipe de assistência ao paciente
Idioma Português
Data de publicação 2005
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2005. 144 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 144 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20770

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta