Fenômenos e ações de enfermagem identificados em consultas de planejamento familiar segundo a CIPE - versão beta 2

Fenômenos e ações de enfermagem identificados em consultas de planejamento familiar segundo a CIPE - versão beta 2

Título alternativo Phenomena and nursing actions identified in the family planning visits according to ICNP - beta 2 version
Autor Camia, Gislaine Eiko Kuahara Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Marin, Heimar de Fatima Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Survey descritivo, exploratório, retrospectivo, teve como objetivos identificar os fenômenos e as ações de enfermagem documentadas nos prontuários de mulheres que freqüentam um serviço de planejamento familiar; mapear os fenômenos e as ações de enfermagem identificados, segundo a Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem (CIPE), versão Beta 2 e atualizar o protocolo de consulta de enfermagem em planejamento familiar, incluindo os principais fenômenos e ações de enfermagem. Foi realizado no Serviço de Planejamento Familiar da UNIFESP/ EPM com 52 prontuários, cujas consultas de enfermagem ocorreram no período de outubro de 2001 a dezembro de 2002, incluindo as consultas iniciais e subseqüentes, sendo utilizado um instrumento de pesquisa para coletar as informações desses prontuários. Os resultados obtidos permitiram identificar os seguintes fenômenos mais prevalentes: comportamento para elevar o nível de saúde (86,5 por cento), risco para manutenção da saúde alterada (65,4 por cento); manutenção da saúde alterada (51,9 por cento); padrões de sexualidade alterados (44,2 por cento); distúrbio no padrão do sono (44,2 por cento) e déficit de conhecimento (42,3 por cento). Quanto as ações de enfermagem, foram encontrados nos registros: orientações sobre métodos anticoncepcionais (69,2 por cento); coleta de material para colpocitologia oncótica (53,8 por cento); encaminhamentos para outros profissionais e serviços (50,0 por cento); solicitação de exames de sangue de rotina e retorno para resultados (48,0 por cento). O mapeamento dos fenômenos e ações de enfermagem identificados em prontuários segundo a CIPE apresentaram concordância exata e parcial na maioria dos casos. As ações mais freqüentes para o eixo A, tipo de ação, foram: orientar, coletar, encaminhar, requisitar, agendar, explicar, entre outros. Conclui-se que alguns termos da CIPE precisam ser revistos e/ou acrescentados, mas levando em consideração por se tratar de uma classificação internacional aplicável a diversos países, o mapeamento e o cruzamento de seus dados foram considerados satisfatórios.
Palavra-chave Enfermagem
Processos de enfermagem
Planejamento familiar
Referência e consulta
Classificação
Idioma Português
Data de publicação 2005
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2005. 159 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 159 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20541

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta