O ensino da Saúde da mulher em cursos de enfermagem na cidade de São Paulo: a ótica docente

O ensino da Saúde da mulher em cursos de enfermagem na cidade de São Paulo: a ótica docente

Título alternativo Women's health education in courses of nursing in São Paulo city: professor's point of view
Autor Alencar, Neiva Gomes de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Batista, Sylvia Helena Souza da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Ensino em ciências da saúde – São Paulo
Resumo A importância de se aprofundar os conhecimentos nos temas referentes à saúde da mulher, surge não apenas da necessidade de encontrar soluções para os problemas de ordem prática da vida cotidiana da mulher, mas do desejo de fornecer uma visão mais ampla do ensino da saúde da mulher na formação em Enfermagem. O Objetivo central dessa pesquisa é analisar, pela ótica do docente o Ensino da Saúde da Mulher, em cursos de Enfermagem da cidade de São Paulo. Quanto ao referencial teórico adotado, privilegiou-se um diálogo com autores que discutiam a problemática do Ensino da Enfermagem e as especificidades da Saúde da Mulher no Brasil. A população desse estudo foi constituída por 17 docentes responsáveis e/ou coordenadores das disciplinas que abordam conteúdos relativos à Saúde da Mulher, tendo-se coletado os dados por meio da aplicação de um questionário. A análise e discussão dos resultados obtidos permitem destacar, nesta pesquisa, que a maior parte dos docentes são mestres e doutores, com diferentes experiências no campo da formação docente. No tocante às práticas pedagógicas, os docentes apontaram os laboratórios de enfermagem e os ambulatórios, porém, privilegiaram a sala de aula como espaço para o desenvolvimento de atividades. Nos diversos ambientes de aprendizagem, os professores utilizam a aula expositiva como uma estratégia fundamental, mas percebe-se a introdução de metodologias inovadoras no processo ensinoaprendizagem. No âmbito das práticas avaliativas, a prova escrita foi citada como o instrumento mais utilizado pelos docentes, sendo também referido o levantamento bibliográfico. As aproximações ao perfil dos docentes e a busca de um conhecimento mais amplo sobre o Ensino da Saúde da Mulher em Enfermagem, revelaram a necessidade de trabalhos acadêmicos que enfatizem o saber fazer e o saber aprender, valorizando as trocas de experiências e o estabelecimento de processos pedagógicos que abram novas possibilidades de aprendizagem. Construir uma investigação que privilegiou a ótica docente implicou, além do esforço em responder às questões orientadoras da pesquisa, no reconhecimento do lugar que o professor ocupa na formação em saúde, delineando perspectivas de uma ação pedagógica que seja produtiva, significativa e contribua para a formação de outros sujeitos, pois que participar da formação do outro é, também, continuar a se formar.

The great importance to extend knowledge on issues related to woman’s health begins not only as a need to find solutions for the women’s daily problems but also aiming to extend health education to undergraduating female students in the nursing area. The major purpose of this study is to analyze, from the professor’s point of view, Women’s Health Education in the nursing courses of the city of São Paulo. Regarding the adopted theoretical referential, the authors allowed a dialog where the problem of the nursing teaching and specificities of the women’s health in Brazil were discussed. The population of this study consisted of 17 academic professors in charge of and/or coordinators of the disciplines on women’s health related issues. Data was collected by means of a questionnaire. In this research, analysis and discussion of the obtained results showed that most of the faculty members had Master and Ph.D. levels, with diversified experiences in the academic area. Regarding pedagogical practices, the academic professors mentioned nursing laboratories and outclinics but the greatest emphasis was given to the classroom as a space to develop activities. In the several learning environments, professors used the expositive class format as a fundamental strategy but innovative methodologies were also introduced in the teachinglearning process. Regarding evaluation practices, the writing test was the instrument most used by the academic members followed by the bibliographic survey. The approach to the academic professor’s profile and the search for an extended knowledge on the women’s Health Education in Nursing revealed the need of further academic studies emphasizing how to do and how to learn, giving emphasis to the exchange of experiences and the establishment of pedagogical processes bringing new possibilities of learning. To build an investigation favoring the academic point of view also involves the attempt to answer the orienting questions of the research, as an acknowledgment for the professor’s role in the health education, delineating perspectives of a pedagogical action which could be productive, significant and that could contribute to bring education to other individuals since to take part in one’s education is also a continuing process of graduating.
Palavra-chave Enfermagem
Saúde da mulher
Docentes de enfermagem
Idioma Português
Data de publicação 2005
Publicado em ALENCAR, Neiva Gomes de. O ensino da Saúde da mulher em cursos de enfermagem na cidade de São Paulo: a ótica docente. 2005. 127 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2005.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 127 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20460

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-20460.pdf
Tamanho: 602.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta