Aging histological changes in the cartilages of the cricoarytenoid joint

Aging histological changes in the cartilages of the cricoarytenoid joint

Título alternativo Alterações histológicas com a idade nas cartilagens da articulação cricoaritenóidea
Autor Dedivitis, Rogério Aparecido Autor UNIFESP Google Scholar
Abrahão, Márcio Autor UNIFESP Google Scholar
Simões, Manuel de Jesus Autor UNIFESP Google Scholar
Mora, Oswaldo Alves Autor UNIFESP Google Scholar
Cervantes, Onivaldo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
UNIMES
Resumo PURPOSE: Analysis of ossification, bone marrow formation, perichondrium thickness, muscle fibers, collagen fibers and elastic fibers quantities of cricoid and arytenoid cartilages. Design: Correlation morphologic study. METHODS: Twenty-four cricoarytenoid joints were obtained from Caucasian male fresh cadavers divided into three groups with eight specimens in each: group I - adolescents, from 15 to 20; group II - adults, from 25 to 35; and group III - elderly, from 60 to 75. The specimens were stained with H-E; trichrome; Picrosirius; and elastic stain. Histometry was performed for quantitative analysis. Bonferroni Test, Fisher Test and the Variance Analysis were used. RESULTS: At the microscopic analysis, the group I specimens presented typical hyaline cartilage, thin perichondrium, bulky muscle fibers and were surrounded by collagen fibers. In group II, there were ossification in small well defined central areas of four specimens, with lamellar bone tissue. In two of these cases there were central bone cavity full of fat tissue. The other parameters were similar to group I. In group III, most part of hyaline cartilage was replaced by typical lamellar bone tissue with poorly outlined haversian systems. Hematopoietic tissue was noted in six cases and fat tissue in the other two. Perichondrium was thicker. Small muscle fibers were smaller and surrounded by collagen in great quantity. Elastic fibers were present in small quantity in the outer portion of perichondrium in all the groups. CONCLUSIONS: In spite of its lack in adolescence, ossification occurs in cricoid and arytenoid cartilages during adulthood and intensifies with age; bone marrow is formed in ossification tissue with hematopoietic tissue in group III; perichondrium becomes thicker in group III; muscle tissue atrophies in group III and is replaced by collagen fibers; these fibers thicken with age; and elastic fibers is always present in the perichondrium in low quantity.

OBJETIVO: Análise da ossificação, formação de medula óssea, espessura do pericôndrio, da quantidade de fibras musculares, de colágeno e eláticas das cartilagens cricóidea e aritenóidea. Desenho: Estudo morfológico comparativo. MÉTODOS: Vinte e quatro articulações crico-aritenóideas foram obtidas de cadáveres frescos caucasianos masculinos, divididos em três grupos com oito espécimes cada: grupo I - adolescentes, de 15 a 20 anos; grupo II - adultos, de 25 a 35; e grupo III - idosos, de 60 a 75. Os espécimes foram corados com H.E.; tricrômio; Picrosirius; e coloração para fibras elásticas. Histometria foi realizada para a análise quantitativa. Teste de Bonferroni, Teste Exato de Fisher e a Análise de Variância foram utilizados. RESULTADOS: À análise microscópica, os espécimes do grupo I apresentaram cartilagem hialina típica, pericôndrio fino, fibras musculares espessas e cercadas por colágeno em pequena quantidade. No grupo II, havia ossificação em pequenas áreas centrais bem definidas em quatro espécimes, com tecido ósseo lamelar. Em dois desses casos, havia uma cavidade óssea central preenchida por tecido adiposo. Os demais parâmetros foram similares ao grupo I. No grupo III, a maior parte da cartilagem hialina estava substituída por típico tecido ósseo lamelar com sistemas de Havers. Tecido hematopoiético foi observado em seis casos e tecido adiposo nos outros dois. O pericôndrio estava espesso. As fibras musculares estavam menores e cercadas por colágeno em grande quantidade. Fibras elásticas estavam presentes em pequena quantidade na porção externa do pericôndrio em todos os grupos. CONCLUSÕES: Apesar de sua ausência na adolescência, a ossificação occorreu nas cartilagens cricóidea e aritenóidea durante a idade adulta e intensificou-se com a idade; medula óssea é formada no tecido de ossificação com tecido hematopoiético no grupo III; o pericôndrio tornou-se espesso no grupo III; as fibras musculares atrofiaram no grupo III e foram substituídas por fibras de colágeno; estas fibras espessaram-se com a idade; e as fibras elásticas estavam sempre presentes no pericôndrio em pequena quantidade.
Palavra-chave Cricoid cartilage
Arytenoid cartilage
Age groups
Cadáver
Cartilagem cricóide
Cartilagem aritenóide
Grupos etários
Cadáver
Idioma Inglês
Data de publicação 2004-04-01
Publicado em Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 19, n. 2, p. 136-140, 2004.
ISSN 0102-8650 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Extensão 136-140
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502004000200010
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-86502004000200010 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2042

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-86502004000200010.pdf
Tamanho: 87.25KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta