Importância do cariótipo em leucemia linfocítica crônica: relato de 18 casos

Importância do cariótipo em leucemia linfocítica crônica: relato de 18 casos

Título alternativo Importance of karyotype in chronic lymphocytic leukemia: report of 18 cases
Autor Chauffaille, Maria de Lourdes Lopes Ferrari Autor UNIFESP Google Scholar
Vieira, Samantha Google Scholar
Martins, Sérgio Luiz Ramos Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Centro de Medicina Diagnóstica
Resumo BACKGROUND: Chronic lymphocytic leukemia (CLL) is a neoplasic disorder characterized by the accumulation of mature B lymphocytes CD 5, CD 19 and CD 23 positive. Chromosomal abnormalities have been described in 30% to 50% of the cases by conventional cytogenetics. OBJECTIVE: The objective of the present work was to describe chromosomal abnormalities detected in Brazilian CLL patients. METHODS: Eighteen cases with CLL selected from our files, in a 4 year period, were studied. The diagnosis was based on morphology and immunophenotype. There were 13 men and 5 women, a 2.6:1 ratio, with 63 median age. RESULTS: Chromosomal abnormalities were detected in 39% of the cases (7/18). CONCLUSION: The karyotype allowed the identification of different clones in a heterogenous CLL group under morphology and immunophenotype point of view demonstrating that genetic alterations are indicative of a different biological behavior.

INTRODUÇÃO: A leucemia linfocítica crônica (LLC) é doença neoplásica caracterizada pelo acúmulo de linfócitos B maduros CD 5, CD 19 e CD 23 positivos. Alterações cromossômicas têm sido descritas pela citogenética clássica em 30% a 50% dos casos de LLC. OBJETIVO: O objetivo do presente trabalho é demonstrar as alterações de cariótipo observadas em pacientes com LLC em nosso meio. PROCEDIMENTOS: Foram selecionados 18 casos de nosso arquivo, avaliados no período de quatro anos, com LLC diagnosticada com base nos achados morfológicos e imunofenotípicos. Havia 13 homens e cinco mulheres, uma relação de 2,6:1, com mediana de 63 anos. RESULTADOS: Foram detectadas alterações de cariótipo em 39% dos casos (7/18). CONCLUSÕES: O cariótipo permitiu a identificação de diferentes clones em um grupo homogêneo de LLC sob os pontos de vista morfológico e imunofenotípico, demonstrando que as alterações genéticas são indicativas de comportamento biológico diferente.
Palavra-chave CLL
Karyotype
Prognosis
LLC
Cariótipo
Prognóstico
Idioma Português
Data de publicação 2004-04-01
Publicado em Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial. Sociedade Brasileira de Patologia ClínicaSociedade Brasileira de PatologiaSociedade Brasileira de Citopatologia, v. 40, n. 2, p. 75-78, 2004.
ISSN 1676-2444 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Patologia ClínicaSociedade Brasileira de PatologiaSociedade Brasileira de Citopatologia
Extensão 75-78
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1676-24442004000200005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1676-24442004000200005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2040

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1676-24442004000200005.pdf
Tamanho: 85.57KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta