A biblioteca científica e o processo de busca de informação por pacientes

Show simple item record

dc.contributor.advisor Maia, José Antonio [UNIFESP]
dc.contributor.author Nakayama, Érika Hayashi [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-12-06T23:05:16Z
dc.date.available 2015-12-06T23:05:16Z
dc.date.issued 2004
dc.identifier.citation NAKAYAMA, Érika Hayashi. A biblioteca científica e o processo de busca de informação por pacientes. 2004. 115 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde) – Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2004.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20371
dc.description.abstract Vários momentos marcaram a história da comunicação e da informação. A "era da informação" introduziu uma nova dimensão no âmbito da manutenção do bem-estar e no tratamento das doenças, e também um novo enfoque ao paciente, que passa a ser um cliente/consumidor. Os pacientes desejam mais informações sobre a doença e buscam um maior envolvimento no processo de tomada de decisões. Em conseqüência, ocorreram mudanças nas demandas por informações pelos pacientes, com vistas à qualidade do atendimento. O aumento no número de pesquisas realizadas por clientes no setor de referência da Biblioteca Central, proporcionou a necessidade de conhecer melhor esta demanda de informações Uma busca inicial em alguns hospitais e laboratórios da cidade de São Paulo, observou-se que quase não existem serviços de informações voltados aos pacientes. Assim, o presente estudo tem como objetivo geral conhecer o processo de busca, pelo paciente, por informações científicas em bibliotecas na área da saúde. A pesquisa consiste em um estudo exploratório com enfoque qualitativo, tendo sido entrevistados clientes do setor de referência da Biblioteca Central da UNIFESP e de um hospital particular da cidade de São Paulo que buscam informações sobre sua própria doença ou de seu familiares. Foram também estudados, por meio de um questionário, pacientes com doenças crônicas atendidos no complexo do Hospital São Paulo. Como resultados, observou-se que as demandas dos pacientes por informações científicas voltavam-se para problemas específicos de saúde, sendo motivadas por lacunas nas informações fornecidas pelos médicos assistentes. O "cliente informado" passou a estabelecer um novo tipo de relação com seus médicos, geralmente de competição, mas também ocasionalmente de confronto. Os pacientes preferiram utilizar materiais de consulta com características mais gerais, valorizando a clareza do texto não científico. Pacientes não usuários de bibliotecas também valorizavam informações, mostrando-se dispostos a procurar um serviço, caso existisse. A disponibilização de informações científicas para pacientes é um compromisso social da Universidade, representando um importante recurso de "empowerment" da população que a procura. pt
dc.description.abstract The history of communication and information has been changed by several important concept changes. The “age of information” has brought modifications of concepts of well-being and in treatment of diseases. The formerly called “patient” now becomes a “customer of health services” and demands more information about his disease, in order to participate in decision-making processes. The increase in search for scientific information by patients at the Universidade Federal de Sao Paulo’s academic library has driven attention to this problem. A search made some Sao Paulo’s hospitals resulted in only one service of information for consumers. This study aims at knowing the process of search for scientific information by health customers in academic libraries. The research strategy consists of a exploratory qualitative study. Patients that asked for scientific material in two libraries were interviewed. We also studied, by means of a written questionnaire, patients with chronic diseases from Sao Paulo’s Hospital. We observed that library customers had very specific needs for information, generally of diseases, about themselves or about relatives. As a rule, the information needed had not been sufficiently delivered by attending physicians. The “informed consumers” have much more demands on information and tend to cooperate with their doctors, but occasionally would use information to confront them. Patients preferred to use general information materials, such as books and folders. They valued language easy to understand. Disposing scientific information to citizens is a social commitment of the public University and may increase empowerment of individuals and society as a whole. en
dc.format.extent 115 f.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso aberto
dc.subject Acesso à informação pt
dc.subject Pacientes pt
dc.subject Participação do paciente pt
dc.subject Bibliotecas pt
dc.title A biblioteca científica e o processo de busca de informação por pacientes pt
dc.title.alternative Scientific library and information search by patients en
dc.type Dissertação de mestrado
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.identifier.file Publico-20371.pdf
dc.description.source BV UNIFESP: Teses e dissertações
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Enfermagem (EPE) pt
unifesp.graduateProgram Ensino em ciências da saúde – São Paulo



File

Name: Publico-20371.pdf
Size: 916.6Kb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account