Paralisia facial periférica bilateral na leucemia linfóide aguda: relato de caso

Paralisia facial periférica bilateral na leucemia linfóide aguda: relato de caso

Título alternativo Bilateral peripheric facial nerve palsy in acute linfoid leukemia: a case report
Autor Antunes, Marcos L. Autor UNIFESP Google Scholar
Soares, Maria C. M. Autor UNIFESP Google Scholar
Vicente, Andy O. Autor UNIFESP Google Scholar
Testa, Jose Ricardo Gurgel Autor UNIFESP Google Scholar
Fukuda, Yotaka Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The facial mimic is very important to the human expression and communication, which depend on the integrity of the facial nerve. So, the peripheric facial palsy (PFP) can leave esthetics, functional and psychological sequelae. The more common etiology is Bell's palsy (50 to 80%) and most of the patients show a unilateral manifestation. The simultaneous bilateral PFP is rare, and the leukemia is the neoplasia that can often that kind of manifestation. We present a clinical case of an 18-year-old patient with acute lymphoid leukemia and simultaneous bilateral facial palsy, who did not recover after the chemotherapy treatment, and died five months after the initial manifestation of the facial palsy. Important considerations were accomplished about the physiopathology of PFP in acute lymphoid leukemia, besides literature review.

A mímica facial é fundamental para a expressão e comunicação humana, que são possíveis apenas através da integridade do nervo facial. Sendo assim, a paralisia facial periférica (PFP) pode deixar seqüelas estéticas, funcionais e psicológicas. A causa mais comum é a paralisia de Bell (50 a 80%), onde a maioria dos pacientes apresenta manifestação unilateral. O acometimento bilateral simultâneo é raro, sendo a leucemia a neoplasia que com maior freqüência pode resultar nesse tipo de manifestação. A seguir, relatamos o caso de um paciente de dezoito anos de idade apresentando leucemia linfóide aguda (LLA) e PFP simultânea, ambas refratárias ao tratamento quimioterápico, culminando com o óbito cinco meses após o início da PFP. Realizou-se considerações importantes sobre a fisiopatologia da PFP na LLA, além de uma revisão da literatura.
Palavra-chave leukemia
facial nerve
palsy
leucemia
nervo facial
paralisia
Idioma Português
Data de publicação 2004-04-01
Publicado em Revista Brasileira de Otorrinolaringologia. ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, v. 70, n. 2, p. 261-264, 2004.
ISSN 0034-7299 (Sherpa/Romeo)
Publicador ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Extensão 261-264
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72992004000200018
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-72992004000200018 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2036

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-72992004000200018.pdf
Tamanho: 142.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta