Efeito da microcistina na apoptose e função de leucócitos

Efeito da microcistina na apoptose e função de leucócitos

Título alternativo Effect of microcystin in leukocyte apoptosis and function
Autor Goncalves, Elsa Alidia Petry Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Cendoroglo Neto, Miguel Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: Microcistina (MC), que é uma cianotoxina, tem sido identificada na água de várias regiões do Brasil e do mundo. Vários estudos têm identificado além da hepatotoxicidade um papel imunomodulatório desta toxina. Considerando-se que pacientes com insuficiência renal crônica em hemodiálise (HD) possam estar cronicamente expostos a variáveis concentrações de MC, e que apresentam alterações importantes na resposta imune, avaliamos o efeito da MC em concentrações que podem ser encontradas na água para diálise, na função de leucócitos. Métodos: Leucócitos polimorfonucleares (PMN) e monócitos foram isolados de sangue periférico de voluntários saudáveis (VS) e de pacientes em HD (PHD). Leucócitos de VS (n=6) foram incubados com MC (0,1g/L, 1g/L e 10g/L) 24h e então avaliados quanto ao metabolismo oxidativo, fagocitose e apoptose (citometria de fluxo) para determinação de uma curva dose-resposta. Leucócitos de PHD (n=10) e de VS (n=l0) foram incubados com MC 1Og/L 24h e avaliados da mesma forma. Monócitos foram incubados com e sem LPS (100ng/ml) e MC (1Og/L) 24h e avaliados quanto à produção de TNF- e IL-10. Resultados: Não houve diferenças na viabilidade ou função de leucócitos com diferentes concentrações de MC. PMN de todos os grupos apresentaram maior produção de espécies reativas de oxigênio ao serem estimulados com PMA ou S. aureus. Ao serem incubados com MC (10gg/L), leucócitos de VS (n=10) apresentaram aumento nas taxas de apoptose. Leucócitos de PHD incubados com MC apresentaram menor produção de espécies reativas de oxigênio basal e estimulada com S. aureus do que células do mesmo grupo sem toxina. Monócitos apresentaram aumento da produção de citocinas após estímulo pelo LPS em ambos os grupos, mas não houve diferença entre os grupos com e sem MC no basal ou com LPS.
Palavra-chave Diálise renal
Leucócitos
Neutrófilos
Apoptose
Toxina
Idioma Português
Data de publicação 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 49 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 49 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20349

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta