Efeito de dietas hiperlipídicas sobre a liberação de mediadores inflamatórios

Efeito de dietas hiperlipídicas sobre a liberação de mediadores inflamatórios

Título alternativo Effect of hiperlipidic diets on inflammatory mediators liberation
Autor Wohlers, Marta Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Silveira, Vera Lucia Flor Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de dietas hiperlipídicas, ricas em ácidos graxos poliisaturados (AGP) dos tipos n-3 ou n-6, sobre a fagocitose, produção de 11201 óxido nítrico (NO) por macrófagos, liberação de bradicinina (BK), NO e interleucinas (IL)-1, IL-6, IL-4 e IIL-10 no perfusato inflamatório e concentração sangüínea de calicreína (KK), corticosterona e leptina e interleucinas. Ratos machos Wistar (60-70 g) foram alimentados com dieta padrão (grupo controle), dieta padrão enriquecida com 15 por cento de óleo de peixe (rico em AGP n-3) (grupo peixe) ou óleo de soja (rico em AGP n-6) (grupo soja). Depois de sete semanas de tratamento com as respectivas dietas, o edema de pata foi induzido pela administração intraplantar de carragenina (0,1 mg) e a liberação local de BK, NO e ILs foi determinada, da 1ª à 2ª hora e da 2ª à 3ª hora após a administração da carragenina. Também foram determinadas, em diferentes momentos após a administração de carragenina, as concentrações plasmáticas de corticosterona, calicreína, leptina e séricas de Ils e catecolaminas. Também determinou-se a fagocitose, liberação de NO e H2O2 por macrófagos pré estimulados ou não com carragenina e a liberação de NO no exsudato peritoneal de ratos que receberam carragenina i.p. Em relação ao grupo controle observamos nos grupos lipídicos redução da liberação de H202 pelos macrófagos estimulados com carragenina ou acetato de phorbol miristato (PMA), da liberação de NO por macrófagos peritoneais estimulados com carragenina, da liberação de BK e NO no perfusato do edema de carragenina e menor concentração plasmática de KK, após estímulo com carragenina. Estas observações, provavelmente colaboram para a redução da resposta inflamatória aguda nos grupos lipídicos. Ocorreu aumento de leptina durante o desenvolvimento do edema de carragenina, porém nos grupos lipídicos esse aumento foi menor do que no controle, o que poderia indicar um papel…(au).
Palavra-chave Ácidos Graxos
Macrófagos
Mediadores da Inflamação
Óxido Nítrico
Bradicinina
Leptina
Catecolaminas
Citocinas
Fatty Acids
Macrophages
Inflammation Mediators
Nitric Oxide
Bradykinin
Leptin
Catecholamines
Cytokines
Idioma Português
Data de publicação 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 117 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 117 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20305

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta