Elaboração e validade de tabela de texto continuo para medida de acuidade visual e velocidade de leitura para perto no idioma português

Elaboração e validade de tabela de texto continuo para medida de acuidade visual e velocidade de leitura para perto no idioma português

Título alternativo Construction and validation of a continous-text chart for visual acuity and reading speed measurement for near in the portuguese language
Autor Castro, Celina Tamaki Monteiro de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Salomão, Solange Rios Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Construir e validar a versão no idioma Português da tabela de acuidade e velocidade de leitura MNREAD. Métodos: Padrão da tabela: A tabela de acuidade MNREAD (desenvolvida no The Minnesota Laboratory for Low-Vision Research University of Minnesota, Minneapolis, Minnesota, USA) contém sentenças com 19 diferentes tamanhos de letras (IogMAR 0.5 a 1.3). Cada sentença contém 60 caracteres impressas em três linhas com vocabulário de material de leitura das 2a e 3' séries do ensino fundamental. Construção das sentenças: Para a elaboração das sentenças, uma lista de palavras simples mais comumente usadas por crianças de 8 anos de idade foram pesquisadas em trabalhos de linguagem e livros infantis. Todas as sentenças devem ter exatamente 60 caracteres, ser declarativas simples, sem dialeto regional. Um total de 110 sentenças foram construídas e o progragra de Steve Mansfield foi utilizado para checar o comprimento da sentença e o número de caracteres. Escolha das sentenças: As sentenças foram testadas em 36 sujeitos (20 adultos e 16 crianças) e o tempo de leitura e os erros cometidos foram apurados. A média de velocidade de leitura e os erros foram analisados e 38 sentenças foram selecionadas para a construção do protótipo. Foram excluídas sentenças com alta e baixa média de velocidade de leitura, alto desvio padrão e sentenças com erros repetidos cometidos pelos sujeitos. Validação: Vinte sujeitos com visão normal (IogMAR 0 ou 20/20 ou mais, com a melhor correção) e 20 sujeitos com visão baixa foram testados na tabela MNREAD-P. Os sujeitos com visão normal leram previamente um texto de leitura do dia-a-dia. A velocidade de leitura em palavras/minuto foi medida na tabela MNREAD-P e no texto. Resultados: As sentenças da tabela MNREAD em Português são suficientemente consistentes para medidas confiáveis da habilidade de leitura. A velocidade de leitura do texto (IogMAR = 0.6) foi 197.8 palavras/minuto e a velocidade máxima calculada pela tabela MNREAD em Português foi 200.1 palavras/minuto. A correlação entre as duas medidas foi r = 0.82. Conclusão: 38 sentenças foram construídas e selecionadas para a tabela MNREAD em Português baseadas nos princípios da tabela MNREAD original. A tabela MNREAD-P foi testada em sujeitos com visão normal e os resultados foram os mesmos da MNREAD original. A velocidade de leitura medida na MNREAD-P foi estatisticamente equivalente à da velocidade de leitura do texto. A tabela MNREAD-P foi testada em sujeitos com visão baixa e apresentou resultados compatíveis com a sua deficiência visual
Palavra-chave Leitura
Acuidade Visual
Baixa Visão
Idioma Português
Data de publicação 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 118 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 118 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20250

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta