Análise do uso da vancomicina e fatores de risco para a sua inadequação em um hospital de ensino

Análise do uso da vancomicina e fatores de risco para a sua inadequação em um hospital de ensino

Título alternativo Adequation of the vancomycin use and risk factors associated with inadeauation in a teaching hospital
Autor Silva Júnior, Moacyr Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Pereira, Carlos Alberto Pires Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: avaliar o uso da vancomicina e os fatores de risco para sua inadequação. Métodos: entre 1 de março e 30 de setembro de 2002 foram avaliados todos os pacientes que utilizaram vancomicina no Hospital São Paulo (HSP), hospital de ensino da UNIFESP, com 644 leitos. A avaliação da prescrição deste antibiótico foi realizada nas primeiras 24 e 72 horas de uso, sendo baseada, esta avaliação, nas recomendações do CDC. Resultados: dentre os 557 pacientes avaliados, 374 (67,1 por cento) apresentavam idade inferior a 60 anos, 455 (81,7 por cento) apresentavam internação maior que duas semanas e 263 (47,2 por cento) estavam internados em UTI. A maioria dos pacientes apresentava algum dispositivo invasivo, tais como intubação orotraqueal em 308 pacientes (55,3 por cento), cateter venoso central em 354 (63,6 por cento) e sonda vesical de demora em 317 (56,9 por cento). Em relação ao tempo de uso deste fármaco, 324 (58,2 por cento) pacientes utilizaram vancomicina por até duas semanas. O uso da vancomicina foi inadequado em 65,7 por cento dos pacientes nas primeiras 24 horas e em 67 por cento dos pacientes nas primeiras 72 horas, segundo os critérios do CDC. A inadequação esteve relacionada à gravidade clínica em 285 casos (51,3 por cento). O uso inadequado da vancomicina segundo os critérios do CDC foi associado nas primeiras 24 horas à idade menor que 60 anos (OR 1,7; IC 95 por cento 1,1-2,5; p= 0,005), pacientes que não estavam internados em UTI (OR 1,5; IC 95 por cento 1,0-2,4; p = 0,005) e pacientes sem neutropenia (OR 7,5; IC 95 por cento 2,4-22,7;p= 0,005). O uso inadequado da vancomicina segundo os critérios do CDC foi associado nas primeiras 72 horas à idade menor do que 60 anos (OR 1,5; IC 95 por cento 1,0-2,3: p= 0,005), pacientes que não estavam internados em UTI (OR 1,7; IC 95 por cento 1,1-2,7; p = 0,005) e pacientes sem neutropenia (OR 8,0; IC 95 por cento 2,6-24,3; p = 0,005). Conclusões: a inadequação no uso da vancomicina, nos dois momentos avaliados, segundo os critérios do CDC foi elevada. Os fatores de risco identificados para a inadequação, segundo os critérios do CDC, foram os pacientes com idade menor que 60 anos, internados em outras unidades fora da UTI e sem neutropenia.
Palavra-chave Vancomicina/uso terapêutico
Prescrições de medicamentos
Fatores de risco
Guias de prática clínica como assunto
Idioma Português
Data de publicação 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 100 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 100 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20107

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta