Influência da plicatura da cicatriz fibrosa do infarto do miocárdio na função cardíaca avaliada pelo ecodopplercardiograma em ratas

Influência da plicatura da cicatriz fibrosa do infarto do miocárdio na função cardíaca avaliada pelo ecodopplercardiograma em ratas

Título alternativo The influence of myocardial infarction scar plication on cardiac function assessed by doppler echocardiogram in rats
Autor Kanashiro-Takeuchi, Rosimeire Miyuki Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Tucci, Paulo José Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Este trabalho foi conduzido com o propósito de analisar as modificações estruturais e funcionais promovidas pela plicatura da cicatriz fibrosa do infarto do miocárdio (PCFIM) em ratas. Vinte ratas Wistar-EPM submetidas a infamo agudo do miocárdio to[ am analisadas por ecodopplercardiograma (ECO) completo seis semanas após oclusão da artéria coronária interventricular anterior. Imediatamente após o ECO era realizada toracotomia e, por visualização direta da região infamada, a cicatriz fibrosa do infamo era submetida à plicatura por dupla sutura linear, contínua com fio mononylon 6-0. Era promovida hiperinsuflação pulmonar e a toracotomia era fechada por sutura em bolsa previamente preparada na parede do tórax. Imediatamente após retomada dos movimentos respiratórios espontâneos pelos animais realizava-se novo exame ecodopplercardiográfico. As imagens em cortes transversais do ventrículo esquerdo eram gravadas em vídeo para posterior análise. Foram utilizadas as janelas paraesternal esquerda (corte longitudinal e transversal) e apical (4 câmaras e 2 câmaras). As seguintes medidas lineares foram obtidas no modo-M: diâmetros do VE ao final da diástole (DDVE) e ao final da sístole (DSVE), e o diâmetro ântero-posterior do átrio esquerdo (AE). Foram determinadas: presença de infarto, sua extensão e a função sistólica e diastólica do VE. A função sistólica foi avaliada pela determinação da fração de ejeção (FE), da velocidade de encurtamento da parede posterior (VEPP) e pelas relações entre os volumes diastólicos e os respectivos volumes ejetados (curva de Frank-Starling). A FE e os volumes ventriculares diastólico (Vd) e sistólico (Vs) do VE foram obtidos pelo método de Simpson biplano (apical, quatro e duas câmaras). O volume ejetado (Ve) foi obtido subtraindo-se o Vs do Vd…(au).
Palavra-chave Infarto do miocárdio
Função ventricular
Ecocardiografia Doppler
Ratos
Idioma Português
Data de publicação 2004
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2004. 72 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 72 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20095

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta