Efeitos do midazolam no musculo liso e transmissao simpatica em ducto deferente de rato

Efeitos do midazolam no musculo liso e transmissao simpatica em ducto deferente de rato

Título alternativo Effects of midazolan in smooth muscle and simpatic transmission in rat vas deferens
Autor Stefani, Fabio Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Nosso objetivo foi estudar a acao do benzodiazepinico Midazolam sobre a contratilidade e a neurotransmissao do ducto deferente de rato. Verificamos que: A curva dose-efeito do Midazolam apresentou a forma conhecida como curva em sino , caracterizada por um efeito contratil com doses iniciais, seguido de um efeito menor a medida que se aumentaram as doses do benzodiazepinico. Esta e a primeira vez em que se descreve esse tipo de curva para o Midazolam nesta preparacao. O efeito inicial do Midazolam parece ser devido a interacoes com alfa adrenoceptores, pois foi inibido pelos antagonistas competitivos Prazosin e WB4101. Alem disso, o Midazolam pode ser classificado com agonista parcial, com base em duas evidencias experimentais: (a) seu efeito maximo foi menor que o de um agonista total, como a Noradrenalina e (b) quando combinado com este ultimo agonista, o Midazolam comportou-se como sinergista ou antagonista, segundo a dose de Noradrenalina usada. O pD2 do Midazolam foi de 4.4 ± 0.1 e a atividade intrinseca (a) de 0.36 ± 0.02. Verificamos que as doses maiores de Midazolam, ou seja, as que produzem a parte descendente da curva dose - efeito, produziram uma inibicao nao-especifica no ducto deferente, com base nos seguintes resultados: (a) houve um bloqueio do tipo nao competitivo nas contracoes de BaC12 e KCI ; (b) houve um bloqueio das curvas de calcio no orgao despolarizado por KCI; (c) houve um bloqueio da contracao por estimulo eletrico transmural. (d) o deslocamento das curvas de Midazolam por Prazosin e WB 4101 apresentou um componente nao competitivo, que poderia estar relacionado ao efeito inespecifico das doses maiores do benzodiazepinico. O emprego de Midazolam oin vivoo na dose de 1omg/kg, 2 horas antes do experimento nao produziu modificacoes nas curvas dose-efeito de varios agonistas e das contracoes induzidas por calcio ou por estimulo eletrico transmural. Os nossos resultados sugerem que o Midazolam, alem de ser um agonista parcial em receptores alfa adrenergicos, apresentam tambem um componente inibitorio, possivelmente associado a sitios de ligacao perifericos de benzodiazepinicos e a translocacao de calcio
Palavra-chave Midazolam
Ducto Deferente
Benzodiazepinas
Simpatomiméticos
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 79 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 79 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20007

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta