Associacao entre o reconhecimento aloimunologico de antigenos paternos na atividade sexual e o aborto de repeticao

Associacao entre o reconhecimento aloimunologico de antigenos paternos na atividade sexual e o aborto de repeticao

Título alternativo Association between the alloimmune recognition of paternal antigens in sexual activity and recurrent abortion
Autor Soares, Regina Victoria Pereira Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O Abortamento Espontaneo de Repeticao e tema de grande interesse para a Obstetricia atual pelas repercussoes que acarreta e porque ate o momento nao se conseguiu definir sua etiologia. Para avaliar a importancia do reconhecimento aloimunologico de antigenos paternos atraves da exposicao da mucosa vaginal e oral da mulher ao semen foi realizado estudo caso-controle com a aplicacao de questionario analisando alguns aspectos do padrao sexual das mulheres com historia de abortamento de repeticao e com sucesso gestacional. Foram selecionadas como Grupo Caso 116 mulheres, tendo como criterio de inclusao o antecedente obstetrico de dois ou mais abortamentos espontaneos, sem a ocorrencia previa de gestacao acima de 22 semanas, e como Grupo Controle 241 mulheres, tendo como criterio de inclusao o antecedente obstetrico de uma ou mais gestacoes a termo com filho vivo e sem a presenca de abortamentos. As pacientes com aborto de repeticao iniciaram atividade sexual em idade mais tardia (media de 19 anos) e apresentaram maior periodo de relacionamento sexual sem uso de preservativo ate engravidarem (media de 17,2 meses). Nao observamos diferenca significativa entre as mulheres dos dois grupos quanto ao numero de parceiros com quem mantiveram atividade sexual durante a vida e nos ultimos cinco anos. Apuramos que elas referiram padrao semelhante quanto a frequencia de relacoes sexuais, uso de preservativo masculino, pratica do sexo oral e contato da mucosa oral da mulher ao material ejaculado do parceiro. Os resultados obtidos, considerados em conjunto nos levaram a conclusao de que a pratica sexual com exposicao da mucosa vaginal e/ou oral ao esperma, portanto aos antigenos leucocitarios humanos de origem masculina nao interfere na ocorrencia do abortamento espontaneo de repeticao
Palavra-chave Aborto Habitual
Comportamento Sexual
Sêmen
Fatores Imunológicos
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 71 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 71 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20006

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta