Imunoexpressão dos anticorpos monoclonais Ki-67 e Bcl-2 no endométrio de pacientes com endometriose peritoneal

Imunoexpressão dos anticorpos monoclonais Ki-67 e Bcl-2 no endométrio de pacientes com endometriose peritoneal

Título alternativo Immunexpression of monoclonal antibody Ki-67 and Bcl-2 in endometrium of women with peritoneal endometriosis
Autor Sato, Helio Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Girão, Manoel João Batista Castello Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliar a atividade proliferativa, atraves da expressao do Ki-67, e apoptose, atraves da expressao do Bc1-2, das celulas endometriais de pacientes com endometriose. Metodos: Apos da definicao de tres grupos: Controle (Grupo A), endometriose I ou II (Grupo B) e endometriose III ou IV (Grupo C). E, subdivisao em primeira (folicular) e segunda fase (lutea) do ciclo menstrual. As celulas endometriais coletadas foram submetidas a estudo imunohistoquimico com os anticorpos monoclonais Ki-67 e Bcl-2. Resultados: Quanto as celulas estromais, na primeira fase, observou maior expressao do Ki-67 no grupo B, a seguir grupo C e finalmente grupo A. Na segunda fase, a maior expressao tambem foi no grupo B, sendo que o grupo A e C tiveram resultados sem diferencas estatisticas. Considerando as celulas glandulares, na primeira fase nao foi observado diferencas entre os grupos; na segunda fase o grupo B apresentou maior expressao, seguido do grupo A finalmente o grupo C. Nao houve diferencas significativas na expressao do Bcl-2 nas celulas glandulares entre os grupos, tanto na primeira quanto na segunda fase; nao foi observado coloracao no estudo imunohistoquimico pelo Bcl-2 nas celulas estromais.Conclusao: A maior atividade proliferativa, principalmente, na primeira fase do ciclo, das celulas estromais das pacientes com endometriose; sugere a participacao deste achado na etiopatogenia da endometriose; entretanto, a observacao da maior expressao do Ki-67 no grupo B (endometriose I ou II) permite deduzir que a atividade proliferativa nao determina a severidade da doenca. Por outro lado, a ausencia de diferencas de expressao do Bcl-2 entre os grupos, remete a conclusao que este controle da apoptose nao esta relacionado com a genese da doenca, bem como com sua severidade
Palavra-chave Endometriose
Apoptose
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 46 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 46 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/20000

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta