Estudo comparativo do nivel do desconforto e do limiar do reflexo acustico, em adultos com audicao normal, expostos e nao expostos a ruido ocupacional

Estudo comparativo do nivel do desconforto e do limiar do reflexo acustico, em adultos com audicao normal, expostos e nao expostos a ruido ocupacional

Título alternativo Comparative study of uncomfortable loudness level and acoustic reflex in normal hearing adults exposed end non-exposed to occupational noise
Autor Bezerra, Francisca Magnolia Diogenes Holanda Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Comparar o limiar do reflexo acustico (RA) e o nivel de desconforto (ND) para tons puro e ruido branco em adultos com audicao normal expostos e nao expostos a ruido ocupacional, usando ou nao o equipamento de protecao individual auricular. Metodo: Dentre os adultos que foram atendidos no SESI, para avaliacao periodica da audicao, foram selecionados 73 individuos expostos a ruido ocupacional, que se enquadravam nos seguintes criterios de elegibilidade: limiares auditivos normais bilaterais de ate 25 dB NA nas frequencias de 500 a 8000 Hz; curva timpanometrica do tipo An e reflexos acusticos presentes de 500 a 2000 Hz; estarem expostos a ruido ocupacional continuo acima de 85 dB, com jornada diaria de trabalho de oito horas por mais de tres anos, usuarios ou nao de Equipamento de Protecao Individual (EPI) auricular de tipo plug ou concha. Outros 30 individuos com as mesmas caracteristicas anteriores, exceto pela exposicao a ruido, constituindo o grupo controle. Esta amostra de 103 individuos foi entao distribuida em tres grupos distintos: Grupo Exposto com EPI (G1) Composto por 41 adultos que utilizavam o EPI auricular, Grupo Exposto sem EPI (G 2) - Composto por 32 adultos que nao utilizavam EPIV auricular e Grupo Nao Exposto (G3) - grupo controle - composto por 30 adultos nao expostos a ruido. Resultados: Nao houve diferenca estatistica significante no limiar do LRA entre os grupos G1, 132 e G3 com valores medios de 93 a 103dBNA; o LRA foi significantemente menor que o ND, os valores medios para o ND variaram de 111 a 119dBNA no G1e de 113 a 120dBNA no G2 e 106 a 114dBNA no G3 sendo maior no grupo G2. Conclusoes: O ruido nao determina alteracoes no comportamento do reflexo acustico; o nivel de desconforto e modificado pela exposicao ao ruido ocupacional sendo maior em individuos expostos a ruido; o nivel de desconforto e maior que o limiar do reflexo acustico e a diferenca entre o nivel de desconforto e o limiar do reflexo acustico varia de 10 a 25 dB sendo maior em individuos expostos a niveis de pressao sonora elevados
Palavra-chave Reflexo Acústico
Audição
Limiar Auditivo
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 91 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 91 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19970

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta