Ausência de correlação entre as alterações morfológicas e bioquímicas na microcirculação de pacientes com esclerose sistêmica

Ausência de correlação entre as alterações morfológicas e bioquímicas na microcirculação de pacientes com esclerose sistêmica

Título alternativo Absence of correlation between morphological and biochemical alterations in the microcirculation of patients with systemic sclerosis
Autor Kayser, Cristiane Autor UNIFESP Google Scholar
Andrade, Luiz Eduardo Coelho Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: The cold stimulus-fingertip lacticemy test (CS-FTL) evaluates a microcirculation biochemical component and presents abnormal results in systemic sclerosis (SSc). Nailfold capillaroscopy is a well established method for the assessment of morphological aspects of Raynaud's phenomenon associated with SSc. The present study sought to compare the nailfold capillaroscopy findings with the CS-FTL parameters in individual fingers of patients with systemic sclerosis. METHODS: 14 SSc patients with 3 fingers having discrepant degree of microangiopathic SD pattern by nailfold capillaroscopy were studied. Fingertip lacticemy was determined in the three fingers selected before (pre-CS-FTL) and 10 minutes after cold stimulus (post-CS-FTL). The percentage difference between post- and pre-CS-FTL was designated ΔCS-FTL. RESULTS: There was great intraindividual variability (between the different digits) in values of the CS-FTL test. There was no statistically significant difference in pre-CS-FTL, post-CS-FTL and ΔCS-FTL values when comparing the fingers with similar capillaroscopic pattern and the discrepant finger in the 14 SSc patients. There was no correlation between the morphological findings registered by nailfold capillaroscopy and the functional alterations measured by the CS-FTL test. CONCLUSIONS: The absence of correlation between morphological microangiopathic alterations detected by nailfold capillaroscopy and the functional perfusion alterations, verified by the CS-FTL test, suggests a relationship between the latter and proximal vascular lesions, such as arterioles, digital and palmar arch arteries.

OBJETIVO: A medida da lacticemia de polpa digital sob estímulo frio (LPD-EF) avalia um componente bioquímico da microcirculação, apresentando resultados anormais na esclerose sistêmica (ES). A capilaroscopia periungueal (CPU) é um método estabelecido para avaliação do componente morfológico no fenômeno de Raynaud secundário à ES. No presente estudo pretende-se a confrontação dos achados da capilaroscopia periungueal com os dados da LPD-EF em dedos individuais de pacientes com esclerose sistêmica. MÉTODOS: Foram avaliados 14 pacientes com diagnóstico de ES e que apresentassem 3 dedos com grau discrepante de microangiopatia SD à CPU. Foi realizada dosagem da lacticemia de polpa digital nos três dedos selecionados em condições basais (LPD pré-EF) e 10 minutos após estímulo frio (LPD pós-EF). A variação percentual das medidas de LPD pós-EF em relação à LPD pré-EF foi denominada ΔLPD. RESULTADOS: Houve acentuada variabilidade intraindividual (entre os diversos dedos) nos parâmetros do teste do LPD-EF. Não encontramos diferença estatisticamente significante nos valores da LPD pré-EF, pós-EF ou ΔLPD ao compararmos os dedos com padrão capilaroscópico semelhante com os dedos díspares nos 14 pacientes com ES. Não houve correlação entre a intensidade dos achados morfológicos, registrados pela CPU, e as alterações funcionais, medidas pelo teste LPD-EF. CONCLUSÕES: A ausência de correlação entre as alterações microangiopáticas morfológicas verificadas pela CPU e as alterações funcionais de perfusão, avaliadas pelo teste da LPD-EF, sugere a possibilidade de que as últimas estejam relacionadas a lesões vasculares proximais, como arteríolas, artérias digitais e arco palmar.
Palavra-chave systemic sclerosis
Raynaud's disease
nailfold capillaroscopy
microcirculation
esclerose sistêmica
fenômeno de Raynaud
capilaroscopia periungueal
microcirculação
Idioma Português
Data de publicação 2004-02-01
Publicado em Revista Brasileira de Reumatologia. Sociedade Brasileira de Reumatologia, v. 44, n. 1, p. 12-18, 2004.
ISSN 0482-5004 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Reumatologia
Extensão 12-18
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0482-50042004000100005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0482-50042004000100005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1997

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0482-50042004000100005.pdf
Tamanho: 298.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta