Comparacao da aptidao fisica de estudantes universitarios das areas de humnas e biologicas

Comparacao da aptidao fisica de estudantes universitarios das areas de humnas e biologicas

Título alternativo Comparison of physical fitness in universitary students of human and biological areas
Autor Delmanto, Flavio Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Nesse estudo foram avaliados 60 (sessenta) jovens universitarios de ambos os sexos, recem admitidos no primeiro semestre dos cursos de Direito e de Educacao Fisica de uma faculdade privada da cidade de São Paulo. Esse trabalho procurou comparar os indices de aptidao fisica com jovens que optaram por curso superior ligado a area biologica e a area de Ciências humanas. Do total da amostra, 34 (trinta e quatro) estudantes pertenciam ao curso de Educacao Fisica e 26 (vinte e seis) ao curso de Direito, sendo o total avaliados de 27(vinte e sete) do sexo feminino e 33(trinta e tres) do masculino. A idade media dos homens foi de 22,7 anos e das mulheres de 21,47 anos. Os participantes da pesquisa foram submetidos a testes de aptidao fisica, como impulsao vertical, flexibilidade, mensuracao de VO2 max. pelo teste vai-e-vem 15 metros, alem da medicao do indice de massa corporea (IMC), da porcentagem de gordura e da masssa magra. Os resultados foram analisados entre os grupos de estudantes de Direito e de Educacao fisica, de forma comparativa observados por sexo e em sua totalidade, utilizando-se o teste t de Student para amostras independentes com nivel de significancia de 0,05 (p = 5 por cento). Os resultados obtidos demonstraram que o indice de massa corporal (IMC) foi semelhante entre os dois grupos e que os estudantes de Direito apresentaram porcentagem de gordura maior que os de Educacao Fisica. Com relacao a impulsao vertical dos alunos do sexo masculino do curso de Direito apresentaram indices significantemente maiores do que os de Educacao fisica, sendo que no sexo feminino observou-se o contrario, com as alunas do curso de Educacao Fisica apresentando indices maiores. Na flexibilidade verificou-se valores significantemente maiores nos estudantes de Direito, em especial no sexo masculino, sendo que na avaliacao do consumo maximo de oxigenio pelo teste vai-e-vem 15 metros os estudantes de Educacao Fisica apresentaram indices significantemente maiores em ambos o sexos. Verificou-se que, de uma forma geral, os jovens que optaram pelo curso superior ligado a area biologica nao apresentaram melhores indices de aptidao fisica que os que optaram por curso ligado a area de Ciências humanas. Concluiu-se que os universitarios das areas de Ciências humanas e biologicas nao escolhem suas carreiras universitarias baseados em indices previos de aptidao fisica e que a nao houve uma semelhanca nos indices de aptidao fisica entre os universitarios das duas areas, em ambos os sexos
Palavra-chave Aptidão Física
Estudantes
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 69 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 69 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19930

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta