Comparacao das variaveis metabolicas, hemodinamicas e bioquimicas entre a eletroestimulacao e o exercicio de resistencia localizada dos musculos abdominais

Comparacao das variaveis metabolicas, hemodinamicas e bioquimicas entre a eletroestimulacao e o exercicio de resistencia localizada dos musculos abdominais

Título alternativo Metabolical, haemodinamical and biochaemical comparison between active and eletrically induced abdominl muscle contraction
Autor Angeli, Gerseli Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: Nos ultimos anos, os equipamentos de estimulacao eletrica, conhecidos como ginastica passiva, tem sido amplamente difundidos a populacao em geral, com a promessa de proporcionar tonificacao e fortalecimento muscular, alem da queima de gordura para perda de peso. Objetivos: Comparar os efeitos da eletroestimulacao com o exercicio de resistencia localizada dos musculos abdominais Metodos: Monitorizacao das variaveis metabolicas, hemodinamicas e bioquimicas relacionadas com o impacto da atividade contractil do grupo muscular solicitado em um grupo de 20 voluntarios saudaveis (10 homens e 10 mulheres) submetidos a dois protocolos realizados em dias diferentes, seguindo ordem randomica. No protocolo 1, apos 3 minutos de repouso (171), os individuos foram submetidos a 15 minutos de eletroestimulacao (EENM) dos musculos abdominais, numa intensidade em que a contracao muscular pudesse ser observada e limitada pelo limiar algogenico de cada individuo. O consumo de oxigenio (VOZ), variaveis de trocas gasosas, pressao arterial (PA), frequencia e ritmicidade cardiaca assim como a percepcao subjetiva de esforco foram avaliadas desde R1 ate o termino da EENM, usando o equipamento VISTA MINI CPX VACUMED USA. As coletas sanguineas para Creatina Quinase (CK), Desidrogenase Lactica (DHL), e Cortisol foram realizadas antes e 15 minutos apos a EENM. No protocolo 2 o mesmo procedimento foi realizado, porem com a execucao de 4 series de 50 flexoes de tronco (abdominais- ABD) substituindo a EENM. O teste t de Student e o teste de Wilcoxon foram utilizados para comparar as duas condicoes. Resultados: VOZ Umin FC b m PA mmH BORG CK u/I DHL m dL Cortisol m /dL R1 0,21969 66,74 108170 6,14 214,55 319,75 11,45 E E N M 0, 22345 67, 32 108/70 8, 03* 224, 9* 349, 35* ~ 11, 95 R2 0,266 68,8 107/70 6,2 147,55 325,7 1 9,885 ABD 0,4* 97,4- 120*/70 13,03- 161,75- 368,75 9,55 p < 0,05 (Teste t) Nao foi observada nenhuma alteracao da ritmicidade cardiaca, durante ou apos a eletroestimulacao. Conclusoes: A eletroestimulacao dos musculos abdominais nao aumenta o consumo de oxigenio, nao podendo portanto aumentar o gasto calorico resultando na perda de peso. O aumento dos niveis sericos de CK e DHL foram similares aos dos exercicios voluntarios, do mesmo grupo muscular, sugerindo os mesmos efeitos localizados
Palavra-chave Estimulação Elétrica Nervosa Transcutânea
Exercício
Creatina Quinase
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 55 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 55 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19924

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta