Estudo metabolico e hemodinamico do rim de rato artritico

Estudo metabolico e hemodinamico do rim de rato artritico

Título alternativo Kidney perfusion a metabolic and hemodynamic study in arthritic rats
Autor Taguchi, Willian Setsumi Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Verificar as eventuais alteracoes morfologicas (histologicas) e funcionais (gliconeogenese, consumo de oxigenio e pressao arterial intra-renal) nos rins de ratos, em um modelo animal de artrite reumatoide induzida pelo adjuvante de Freund. Metodos: Trinta e nove ratos machos, da linhagem Holtzman, foram alocados em Grupo I (n=21) - controle e Grupo II (n=18) - artrite reumatoide induzida por adjuvante. A artrite foi induzida pela injecao do adjuvante de Freund e no decimo-quinto dia os animais foram anestesiados, submetidos a nefrectomia esquerda e cateterizacao arterial, venosa e das vias urinarias para o procedimento de perfusao renal in vivo. Foi avaliada a pressao arterial infra-renal, por transdutor de pressao, com e sem a acao do L-NAME por um periodo de ate 120 minutos. Concomitantemente foram colhidas amostras sanguineas e de urina para analise bioquimica do consumo de oxigenio, glicose, piruvato e amonia. Ao final dos procedimentos foram colhidas amostras do tecido renal para estudo histologico qualitativo. O estudo estatistico naoparametrico estabeleceu para rejeicao da hipotese de nulidade um p<0,05. Resultados: A gliconeogenese a partir da infusao de lactato e da glutamina nao mostrou diferencas significantes entre os grupos quando foram medidas no perfusado a glicose(p=0,091), o piruvato(p=0,151), a amonia(p=0,870) e calculado o consumo de oxigenio(p=1,273). A analise hemodinamica mostrou que a pressao basal do rim artritico foi menor que a pressao basal do grupo controle e esta diferenca foi significante (p=0,016*). A pressao apos infusao de L-narre foi maior que a pressao no grupo controle e esta diferenca tambem foi significante (p=0,001 *). A histologia mostrou alteracoes inflamatorias que comprovaram a doenca reumatoide nos rins estudados. Conclusoes: Nao ha alteracao da gliconeogenese ou do consumo de oxigenio renal no rim artritico. Considerando as alteracoes pressoricas no rim de rato artritico, sob a acao do L-NAME, conclui-se que as alteracoes inflamatorias provocadas pela artrite reumatoide provavelmente estimulam o aumento da sintese do oxido nitrico comprometendo a hemodinamica renal
Palavra-chave Perfusão/métodos
ATRITE REUMATOIDE
Ratos
Transplante de Rim
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 56 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 56 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19918

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta