Funcao endotelial venosa na hipertensao arterial sistemica

Funcao endotelial venosa na hipertensao arterial sistemica

Título alternativo Venous endothelial function in arterial hypertension
Autor Rubira, Marcelo Custodio Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A disfuncao endotelial arterial tem sido demonstrada em pacientes hipertensos pelo comprometimento da resposta de vasodilatacao induzida pela infusao de acetilcolina. Entretanto o efeito da Acetilcolina no sistema venoso deste pacientes ou mesmo de individuos normotensos nao esta completamente esclarecido. Objetivo: 1-Padronizar doses de Acetilcolina que permitam obter uma curva dose-resposta (concentracao vs dilatacao venosa) adequada para o estudo do endotelio venoso, comparando com as respostas induzidas pela bradicinina (BK) ja conhecidas; 2-avaliar se pacientes portadores de hipertensao arterial sistemica (HAS) apresentam alteracao na funcao endotelial venosa medida pela vasodilatacao a Acetilcolina; 3Correlacionar as respostas de vasodilatacao dependente e nao dependente do endotelio, do territorio arterial com o venoso, em individuos normais e hipertensos e sua relacao com o perfil lipidico ea glicemia. Casuistica e Metodos: Foram estudados 16 pacientes com HAS leve e moderada, sem uso de medicacao e sem outros fatores de risco associados a disfuncao endotelial, (idade 40±6anos; PAS 145±12 / PAD 98±7 mm Hg ) e 15 voluntarios normais (idade 37±5 anos; PAS 111±12 / PAD 73±8 mm Hg). Curvas de venodilatacao foram obtidas por meio do deslocamento de um sensor posicionado suavemente sobre uma veia do dorso da mao, durante manobras de oclusao intermitente do retorno venoso do braco (tecnica da complacencia da veia do dorso da mao, VDM- TDLV). Infundiu-se fenilefrina (75 a 25000 ng/ml) para obter um estado de pre-constricao estavel da veia ao redor de 70 por cento do basal, seguida por doses crescentes de Acetilcolina (1,2 a 12000 ng/ml), nitroprussiato de sodio (NPS) (156 a 3125 ng/ml) e BK (4 a 916 ng/ml). No territori arterial, as medidas de dilatacao mediada pelo fluxo (DMF) foram realizadas na arteria braquial com ultra-som vascular de alta resolucao (HDI-ATL) apos manobras d hiperemia reativa e nitroglicerina (NTG) sublingual. Resultados: As respostas de aumento do diametro da veia em relacao as doses d Acetilcolina foram muito heterogeneas, nao permitindo a construcao de uma curva dose-resposta. Porem, a resposta de dilatacao maxima, chamada de efeito maximo (Emax), foi reprodutivel, podendo ser usada para se avaliar a funcao endotelial venosaa(au)
Palavra-chave Endotélio Vascular/fisiopatologia
Veias
Complacência (Medida de Distensibilidade)
Hipertensão/fisiopatologia
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 138 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 138 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19903

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta