Valores dos parâmetros da dopplerfluxometria do ducto venoso entre a 10ª e a 14ª semana de gestações normais

Valores dos parâmetros da dopplerfluxometria do ducto venoso entre a 10ª e a 14ª semana de gestações normais

Título alternativo Values for ductus venosus doppler flow measurements between the 10th and the 14th week of normal pregnancy
Autor Carvalho, Francisco Herlânio Costa Autor UNIFESP Google Scholar
Moron, Antonio Fernandes Autor UNIFESP Google Scholar
Mattar, Rosiane Autor UNIFESP Google Scholar
Murta, Carlos Geraldo Viana Autor UNIFESP Google Scholar
Santana, Renato Martins Autor UNIFESP Google Scholar
Vasques, Flávio Augusto Prado Autor UNIFESP Google Scholar
Kulay Junior, Luiz Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: to analyze the values of Doppler ultrasound for blood flow velocity in the ductus venosus between the 10th and the 14th week of gestation, during the different phases of the cardiac cycle: ventricular systole (wave S), ventricular diastole (wave D), atrial systole (wave a), and angle-independent indexes. METHODS: Doppler was used in this prospective cross-sectional study to examine 276 single pregnancies. Fetus malformations, abnormal nuchal translucency, and women with clinical pathologies were excluded. A Toshiba SSH-140 ultrasound equipment was used. The derivation of Doppler frequency spectra was carried out according to standardized measurement procedures: less than 30ºinsonation angle and 50-70 Hz high-pass filter. The ductus venosus was identified in a median sagittal and ventral plane with the presence of color aliasing due to increase in blood flow velocity. The sample volume (1-2 mm³) was placed immediately at the origin of the ductus venosus. At least three clearly and subsequent waves were available for measurement of standard values. The Levene test and the Bonferroni method were used for statistical analysis. RESULTS: increase in blood flow velocity from 29 cm/s to 37 cm/s (p=0.013) was observed during ventricular systole between the 10th and the 14th week of gestation. Similarly, increase in blood flow velocity was recorded during the ventricular diastole (from 25 cm/s to 32 cm/s, p=0.026). There were no changes in wave a, pulsatility index, and S/a ratio in this period. CONCLUSION: the reference ranges established by this study may serve as the basis for Doppler ultrasound follow-up in a normal patient population. Further studies are required to determine the validity of these parameters and, in particular, for the fetus at risk.

OBJETIVO: analisar os valores dos parâmetros dopplerfluxométricos do ducto venoso, entre a 10ª e a 14ª semana de gestação, durante as diferentes fases do ciclo cardíaco: sístole ventricular (onda S), diástole ventricular (onda D), contração atrial (onda a) e dos índices ângulo-independentes. MÉTODOS: foi desenvolvido estudo prospectivo e transversal que examinou 276 gestações únicas. Foram excluídas as gestações múltiplas, malformações fetais, fetos com translucência nucal aumentada e gestantes com doenças associadas. O equipamento utilizado foi Toshiba, modelo SSH-140 A. A análise espectral foi obtida de acordo com os procedimentos padronizados: ângulo de insonação menor que 30° e uso de filtro de 50-70 Hz. O ducto venoso foi identificado em corte sagital e ventral do abdome superior fetal com o Doppler colorido. A amostra de volume (1-2 mm³) foi adquirida imediatamente na origem do ducto venoso. Pelo menos três ondas nítidas e consecutivas foram necessárias para aferição dos parâmetros. Para o estudo estatístico foi realizado o teste de Levene e o método de Bonferroni. RESULTADOS: foi observado aumento na velocidade S de 29 cm/s para 37 cm/s (p=0,013) entre a 10ª e a 14ª semana de gestação. Similarmente, houve aumento na velocidade D (de 25 cm/s para 32 cm/s, p=0,026). A onda a, o índice de pulsatilidade e a relação S/a apresentaram valores constantes no período estudado. CONCLUSÃO: os valores estabelecidos por este estudo podem servir para acompanhamento dopplerfluxométrico de gestações normais. Futuros estudos são necessários para determinar a validade destes parâmetros na população normal e, em particular, para fetos de risco.
Palavra-chave Doppler velocimetry
Ductus venosus
Normal pregnancy
Dopplerfluxometria
Ducto venoso
Gravidez normal
Idioma Português
Data de publicação 2004-02-01
Publicado em Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia, v. 26, n. 1, p. 15-20, 2004.
ISSN 0100-7203 (Sherpa/Romeo)
Publicador Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Extensão 15-20
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-72032004000100003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-72032004000100003 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1988

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-72032004000100003.pdf
Tamanho: 40.18KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta