Avaliacao das funcoes executivas no primeiro episodio psicotico

Avaliacao das funcoes executivas no primeiro episodio psicotico

Título alternativo The exeutive functions evaluation in first-episode psychosis: a case control study
Autor Malta, Stella Maria Teixeira Cerquinho Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: avaliar as funcoes executivas de pacientes de primeiro episodio psicotico e verificar a relacao entre o funcionamento executivo e o funcionamento socio-ocupacional. Metodo: Trinta pacientes de primeiro episodio psicotico, estabilizados em acompanhamento ambulatorial, no Programa de Primeiro Episodio Psicotico do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP - Escola Paulista de Medicina foram comparados com voluntarios sadios, pareados por sexo, idade, escolaridade e nivel socio-economico. No grupo controle saudavel foi aplicado o Self Report Questionnaire (SRQ) para afastar casos psiquiatricos provaveis. Todos os sujeitos foram submetidos a uma bateria de testes para avaliacao das funcoes executivas: Digit Span, Wisconsin Card Sorting Test, Fluencia Verbal (letras e categorias), Trail Making Test e Torre de Hanoi, e um teste de nivel intelectual, Matrizes Progressivas de Raven. O funcionamento socio-ocupacional foi avaliado pela Escala de Avaliacao de Funcionamento Social e Ocupacional (EAFSO). Resultados: os pacientes de primeiro episodio psicotico, apresentaram desempenho inferior, estatisticamente significante, no funcionamento executivo, intelectual e socio-ocupacional quando comparados ao grupo-controle. Os pacientes apresentaram deficits na flexibilidade mental, na capacidade de abstracao e de formacao de conceito, na habilidade em inibir uma resposta anteriormente utilizada com sucesso, na mudanca de resposta frente ao feedback do meio ambiente, na memoria operacional, no planejamento e no sequenciamento da solucao de problemas complexos, e, demonstraram a necessidade de um tempo mais longo para a execucao das tarefas propostas. O Wisconsin Card Sorting Test demonstrou correlacao com a EAFSO em doze das dezesseis variaveis avaliadas e estas associacoes sugeriram que quanto maior a inflexibilidade mental e a dificuldade em abstrair e formar conceitos, pior o funcionamento socio-ocupacional do paciente. Conclusoes: Os pacientes de primeiro episodio psicotico apresentaram pior desempenho tanto nas funcoes executivas quanto no funcionamento socio-ocupacional em comparacao com o grupo-controle saudavel. Os resultados desta pesquisa sugerem que quanto mais intenso o deficit no funcionamento executivo, pior o desempenho socio-ocupacional os pacientes de primeiro episodio psicotico
Palavra-chave Esquizofrenia/diagnóstico
TRANSTORNS COGNITIVOS
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 138 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 138 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19879

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta