Avaliacao da imunogenicidade da vacina combinada triplice acelular - hepatite B(DTPa-HB) e da vacina conjugada contra o Haemophilus influenzae do tipo b (PRP-T) quando aplicadas simultaneamente, em esquema basico e dose de reforco

Avaliacao da imunogenicidade da vacina combinada triplice acelular - hepatite B(DTPa-HB) e da vacina conjugada contra o Haemophilus influenzae do tipo b (PRP-T) quando aplicadas simultaneamente, em esquema basico e dose de reforco

Título alternativo Assessment of the immunogenicity of the DTPa-HB vaccine administered concomitantly with Haemophilus influenzae type b conjugate vaccine (PRP-T) as a primary vaccination course and as a single booster vaccination
Autor Bracco Netto, Humberto Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliar a imunogenicidade de uma vacina triplice acelular (DTPa) combinada com a vacina contra a hepatite B (HB), e de unia vacina contra o Haemophilus influenzae tipo b (PRP-T), quando administradas simultaneamente. Metodos: Estudo aberto, prospectivo envolvendo 110 criancas dos dois meses ate os 19 meses de idade. com aplicacao das vacinas aos dois, quatro e seis meses de idade, alem de dose de reforco entre os 15 e 18 meses e com avaliacao sorologica em quatro momentos: pre-vacinal, um mes apos completar o esquema basico, imediatamente antes da dose de reforco e um mes apos esta dose. Por meio das taxas de soropositividade e da media geometrica das concentracoes (MGC) foram avaliados os anticorpos contra a difteria, tetano, hepatite B, Hib e contra toxoide pertussis (PT). hemaglutinina filamentosa (FHA) e pertactina (PRN). Para estes tres componentes da vacina pertussis tambem foi determinada a resposta vacinal, considerando a condicao sorologica pre-vacinal. Resultados: No total, 93 das 110 criancas completaram o estudo. A taxa de soropositividade apos o esquema basico, para todos os sete antigenos avaliados, foi de 100 por cento. Antes da dose de reforco todos os anticorpos mantinham taxa de soropositividade superiores a 94 por cento a excecao da difteria, que sofreu queda acentuada e atingiu 33,7 por cento e do anticorpo anti-PT com taxa de 59 por cento. Apos a dose de reforco, a taxa de soropositividade, para todos os anticorpos, voltou aos 100 por cento. A evolucao da MGC desses anticorpos apresentou um padrao similar, com acentuada elevacao apos o esquema basico, seguida de novo aumento induzido apos a dose de reforco, que variou de duas a sete vezes para todos os componentes vacinais, comparada as concentracoes alcancadas apos o esquema basico. A resposta vacinal aos antigenos pertussis, apos a imunizacao basica. considerando a sorologia pre-vacinal, foi positiva para o anticorpo anti-PT em 97 por cento das criancas, e para os anticorpos anti-FHA e anti-PRN em 99 por cento das criancas. Apos a dose de reforco, a resposta vacinal foi considerada positiva, para os tres antigenos, em 100 por cento das criancas. Conclusoes: A administracao da vacina triplice acelular (DTPa) combinada com a vacina contra a hepatite B (HB) aplicada simultaneamente com a vacina anti-Haemophilus influenzae do tipo b induziu uma potente resposta anticorpica a todos os componentes antigenicos envolvidos, nao se evidenciando interferencias na imunogenicidade de nenhum de seus componentes vacinais. Essas vacinas demonstraram ser imunogenicas tanto na imunizacao primaria quanto na dose de reforco
Palavra-chave Vacinas Combinadas/imunologia
Vacinas contra Difteria, Tétano e Coqueluche Acelular
Vacinas contra Hepatite B
VACINAS ANTI-HAHAEMOPHILUS
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 120 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 120 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19854

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta