Analise do desempenho funcional do equilibrio em idosos com doenca de Alzheimer

Analise do desempenho funcional do equilibrio em idosos com doenca de Alzheimer

Título alternativo Balance functional performance analysis in elderly with Alzheimer's disease
Autor Silva, Alessandra Soares Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: A manutencao do equilibrio decorre de um complexo Mecanismo coordenado pelo Sistema Nervoso Central e que depende da integracao de informacoes sensoriais e cognitivas que sao armazenadas em comportamentos motores contextualizadas por tarefas e pelo meio ambiente, tendo como arcabouco aspectos biomecanicos, osteoarticulares e musculares. Em idosos saudaveis, mecanismos cerebrais compensam as mudancas no controle postura], porem podem falhar em idosos com deterioracao cognitiva. Acredita-se que o desempenho de tarefas do equilibrio esteja associadas a necessidade de atencao e que pacientes com deficit cognitivo, como os portadores da DA, apresentem pior desempenho do equilibrio, aumentando sua chance de queda e de lesao. OBJETIVO: Caracterizar o desempenho funcional do equilibrio em idosos diagnosticados com doenca de Alzheimer (DA), de acordo com os criterios da NINCDS-ADRDA, moradores na comunidade, e correlacionar com dados clinicos, funcionais, socio demograficos e historia previa de quedas alem do estadiamento da doenca e componentes de atencao da cognicao. METODOS: Foram avaliados 20 idosos portadores de DA proveniente dos ambulatorios do Centro de Estudo do Envelhecimento da UNIFESP/EPM. Os pacientes foram submetidos aos testes do equilibrio por meio do Timed up and go Test (TUGT), Timed up and go test modificado (TUGTm) e Balance Scale (BS), bem como a testes cognitivos como o Mini Exame do Estado Mental (MEEM), o teste de fluencia verbal, o teste de digitus e trilha alem da escala de classificacao CDR. Os aspectos funcionais estudados foram historia previa de quedas, comprometimento das atividades de vida diaria e instrumentais, tempo de diagnostico e medicamentos utilizados. RESULTADOS: O equilibrio de idosos com DA apresentou-se fortemente prejudicado, com maior comprometimento do alcance funcional e tarefas que exijam menor base de sustentacao. Foi associado ao comprometimento das AVD e mais intensamente das AIVD, alem da idade e teste de fluencia verbal e trilha, que exigem atencao. Houve associado ainda com a ocorrencia de quedas, que obteve prevalencia de 50 por cento. A dupla tarefa foi associada a idade a idade, numero de medicamentos, testes de digitus alem das quedas e todas as dimensoes da BS. A diferencado TUGT e TUGT modificado associou-se ao MEEM. CONCLUSAO: As relacoes entre testes de equilibrio e testes neuropsicologicos sugerem que o deficit atencional interfira no desempenho do equilibrio, aumentando a predisposicao as quedas em idosos com DA. Os testes funcionais do equilibrio bem como a dupla tarefa sao uteis na avaliacao dessa populacao
Palavra-chave Equilíbrio Postural
Doença de Alzheimer
Acidentes por Quedas
Idoso
Demência
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 115 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 115 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/19834

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta