Avaliação da presença de células caliciformes na córnea humana

Avaliação da presença de células caliciformes na córnea humana

Título alternativo Evaluation of the presence of goblet cells on the human corneal surface
Autor Barros, Jeison de Nadai Autor UNIFESP Google Scholar
Mascaro, Vera Lucia Degaspare Autor UNIFESP Google Scholar
Gomes, José Álvaro Pereira Autor UNIFESP Google Scholar
Sousa, Luciene Barbosa de Autor UNIFESP Google Scholar
Hofling-Lima, Ana Luisa Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
FMO I.A.M.S.P.E Hospital do Servidor Público Estadual
Resumo PURPOSE: To analyze by impression cytology the presence of goblet cells on corneal surfaces with conjunctivalization. METHODS: Corneal-conjunctival impression cytology was performed in 65 eyes of 65 patients who had clinical signs of conjunctivalization with or without previous ocular surgery. Patients were classified into two groups according to previous history of ocular surface reconstructive surgery associated with limbal transplantation and human amniotic membrane. In group I, 49 patients without previous ocular surgery were evaluated and in group II 16 patients were included after ocular surface reconstructive surgery with conjunctivalization recurrence. Samples were obtained in the affected eye between February 2000 and February 2002 at the UNIFESP's External Eye Disease Laboratory. Limbal deficiency was detected when one or more goblets cells were found on the corneal surface. RESULTS: In group I one or more goblet cells were found on the corneal surface of 21 eyes (42.85%). In group II goblet cells were found on the corneal surface of 9 patients (56.25%). CONCLUSION: Presence of goblet cells on the corneal surface detected by impression cytology in patients with conjunctivalization can confirm limbal stem cell deficiency, however, its absence does not exclude the diagnosis.

OBJETIVO: Analisar pela citologia de impressão a presença de células caliciformes na superfície de córneas com sinais clínicos de conjuntivalização. MÉTODOS: Foram realizados exames de citologia de impressão do epitélio córneo-conjuntival em 65 olhos de 65 pacientes com sinais clínicos de conjuntivalização com ou sem tratamento cirúrgico prévio. Os pacientes foram divididos em dois grupos segundo a história anterior de cirurgia de reconstrução da superfície ocular com transplante de limbo e membrana amniótica de tal forma que no grupo I foram estudados 49 pacientes sem cirurgia prévia e no grupo II estudaram-se 16 pacientes após cirurgia para reconstrução da superfície e com sinais de conjuntivalização recorrente. As amostras foram colhidas do olho afetado entre fevereiro de 2000 e fevereiro de 2002 no Laboratório de Doenças Externas Oculares do Departamento de Oftalmologia da UNIFESP. Definiu-se que o diagnóstico de deficiência límbica era confirmado por citologia de impressão quando uma ou mais células caliciformes íntegras eram encontradas na superfície da córnea. RESULTADOS: No grupo I uma ou mais células caliciformes foram evidenciadas na superfície da córnea em 21 olhos (42,85%). No grupo II foi possível detectá-las na superfície da córnea em 9 pacientes (56,25%). CONCLUSÃO: A presença de células caliciformes na superfície da córnea detectada no exame de citologia de impressão em pacientes com conjuntivalização pode confirmar o diagnóstico de deficiência de limbo no local pesquisado, porém, a ausência destas células não exclui o diagnóstico.
Palavra-chave Limbus corneae
Conjunctiva
Goblet cells
Epithelial cells
Cytological techniques
Diagnostic techniques opthalmological
Limbo da córnea
Conjuntiva
Células caliciformes
Células epiteliais
Neovascularização patológica
Técnicas citológicas
Técnicas de diagnóstico oftalmológico
Idioma Português
Data de publicação 2004-02-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 67, n. 1, p. 121-125, 2004.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 121-125
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492004000100022
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492004000100022 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/1983

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492004000100022.pdf
Tamanho: 128.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta